Visitante flagrada com maconha na alça da bolsa no CDP de Mogi

Mulher, de 27 anos, iria levar quantidade de maconha para companheiro que é detento no CDP mogiano

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Uma mulher foi flagrada quando tentava entrar com drogas no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Mogi das Cruzes, no bairro do Taboão, neste domingo (06/10). A visitante, cadastrada como companheira de um detento do presídio, levava maconha escondida na alça da bolsa.

De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), por volta das 10h, a suspeita, de 27 anos, teve os seus pertencer revistados por agentes que trabalham na unidade prisional. Nesse momento, foi identificado que a costura na alça da bolsa havia sido violada. Ao analisarem o objeto, os agentes encontraram um pequeno invólucro, contendo 5 gramas de maconha.

Após o flagrante, a mulher foi encaminhada para o  1º Distrito Policial de Mogi das Cruzes, no Parque Monte Líbano, onde foi lavrado o Boletim de Ocorrência. Além de detida,  ela teve seu nome suspenso do rol de visitas da SAP.

A direção do CDP enviou comunicado para a Vara de Execuções Criminais, além de instaurar Procedimento Disciplinar Apuratório. Tudo isso vai agravar ainda mais a situação do detento que receberia a droga, que ainda está no CDP a espera de julgamento por um outro crime.

Foto: SAP / Divulgação