Vendas de Páscoa sobem 3,1% em Mogi das Cruzes, aponta ACMC

 

DE MOGI DAS CRUZES – O movimento do comércio na semana da Páscoa avançou 3,1% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo os indicadores que mensuram a atividade no Estado de São Paulo. Em Mogi das Cruzes, o destaque foi a produção artesanal, com vendas superiores a 2018. Além dos ovos de chocolate, a data fomenta o consumo de bebidas e alimentos por conta das reuniões familiares.

O desempenho registrado no final de semana da Páscoa foi maior ainda e alcançou 3,6%, confirmando o hábito dos consumidores de deixarem as compras para a última hora, muitas vezes na expectativa de promoções, como aponta a direção da ACMC – Associação Comercial de Mogi das Cruzes.

“O movimento atendeu as expectativas de uma boa Páscoa, principalmente no ramo de produção artesanal de ovos de chocolates”, avalia o diretor da ACMC, Cláudio França. “Infelizmente, o desemprego permanece alto e isso limitou o crescimento das vendas, mas ainda assim o saldo é positivo”, acrescenta.

Em 2018, o movimento no comércio na Páscoa registrou alta de 5,4% e agora ficou em 3,1%. Em compensação, nos anos de 2017 e 2016, os índices foram negativos (-1,7% em 2017 e -9,6% em 2016).