Trio preso na Dutra, em Arujá, confessa que matou motorista de aplicativo na Índio Tibiriçá, em Suzano. Seccional dará entrevista quinta

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Dois homens e uma mulher, presos nesta segunda-feira (30/09) na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Arujá, confessou que matou o motorista de aplicativo Osmar de Souza Prado, na madrugada do último domingo (29/09), em Suzano (leia a reportagem no fim do texto). O delegado seccional de Mogi das Cruzes, Jair Barbosa Ortiz, informou isso.

Nesta quinta-feira (03/10), Ortiz deve detalhar o caso em uma entrevista coletiva que será concedida na sede da Delegacia Seccional mogiana, no Centro Cívico.

Segundo Ortiz, um veiculo GM, modelo Monza, da cor vinho, ligou os suspeitos a esses casos.

Antes de confessar que matou o motorista de aplicativo em Suzano, Isaías da Silva Santos, Jonatas Alves Rodrigues – ambos com 18 anos, e Ana Karoline Martins Rechinski, de 21, foram presos em uma outra ação, desta vez por policiais do 31º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, de Guarulhos.

De acordo com a polícia, Isaías e Ana Karoline rendiam as vítimas e dirigiam os carros roubados, enquanto Jonatas revistava e pegava os objetos de valor das vítimas.