Suzano: faculdades, profissional e cursos livres podem retomar atividades

Novidade tem como base a classificação Suzano na Fase 3 – Amarela e está prevista na atualização do decreto municipal 9.474/2020

 

DE SUZANO – A Prefeitura de Suzano autorizou a retomada das atividades presenciais em instituições de nível superior, ensino profissionalizante, qualificação, treinamento e cursos livres não regulamentados pela educação formal, como idiomas, música e dança. A novidade é baseada na classificação da cidade na Fase 3 – Amarela do Plano São Paulo desde 13 de julho – assim como toda a Sub-região Leste – e está prevista na atualização do decreto municipal 9.474/2020.

O funcionamento será permitido desde que as unidades limitem a presença até 35% do número de alunos matriculados, com prioridade àqueles que vão concluir a formação neste ano. Em razão disso, será necessário controle de acesso. Poderá haver aulas nesses locais pelo período máximo de seis horas por dia.

Atividades de internato e estágio curricular obrigatório para estudantes de medicina, farmácia, enfermagem, fisioterapia e odontologia também estão liberados. Por outro lado, cursinhos pré-vestibulares e preparatórios para concursos públicos deverão continuar atuando de maneira virtual. Também não foram abrangidas por esta medida escolas da educação formal, públicas ou particulares.

Além das determinações estipuladas anteriormente para combater a propagação do novo coronavírus (Covid-19) – utilização de máscaras em tempo integral, disponibilidade de álcool em gel, desinfecção e limpeza constantes de ambientes, distanciamento mínimo de 2 metros etc – o decreto municipal atualizado também orienta essas instituições a divulgarem as medidas, vetarem a presença de quem tem mais de 60 anos, mulheres grávidas e pessoas com comorbidades, suspenderem o uso de chuveiros em vestiários, coibirem aglomerações, aumentarem intervalos para viabilizar a higienização entre as aulas, entre outras.

Mais detalhes poderão ser conferidos no site da Prefeitura de Suzano, na aba “Imprensa Oficial”. Até o momento, também voltaram a funcionar com restrições estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços; restaurantes, bares, lanchonetes e similares; salões de beleza e barbearias; academias de esportes e centros de ginástica; shoppings e centros de compras; concessionárias de veículos; e feiras livres.

Fotos: Arquivo