Suzanense vai plantar árvore e encontra granada. GATE detonou explosivo

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Ao cavar um buraco para o plantio de uma muda de árvore, um suzanense encontrou um objeto metálico, identificado posteriormente pela Polícia Militar como uma granada. Foi necessária a atuação do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) da PM para detonar o explosivo e evitar que causasse problemas.

Segundo informações da PM, a corporação foi chamada por volta das 9h deste sábado (05/10) até a Rua Manoel Ferreira Pinto, no Bairro do Raffo, localidade que fica às margens da Rodovia Índio Tibiraçá (SP-031). Lá um morador se surpreendeu com um objeto metálico quando cavava um buraco em que plantaria uma árvore.

A corporação confirmou que era uma granada e foi para o bairro, que ficou isolado – sem que ninguém pudesse sair de suas casas, pelo menos até ás 11h30.

O Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE), com sede em São Paulo, foi acionado e enviou uma equipe até Suzano, que identificou o artefato como uma granada defensiva, que estava sem carga detonante. O modelo, muito antigo, não teve a origem identificada pelos policiais.

A granada defensiva é uma arma de arremesso e de tiro curvo destinada ao combate próximo, batendo ângulos mortos. É empregada contra pessoal, limpeza de abrigos, ninho de metralhadoras, etc. Atua por estilhaços do corpo provenientes de uma espiral de fragmentação.

O caso foi registrado na Delegacia Central de Polícia de Suzano.
Foto: Polícia Militar / Divulgação