Solo encharcado aumenta risco de alagamentos na Grande São Paulo

Frente fria que chega domingo vai atingir a Grande São Paulo, Vale do Paraíba, norte do Estado e todo o litoral

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE * A Capital paulista, Grande São Paulo e litoral devem voltar a ter chuva no início da tarde deste domingo (10/03). O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura paulistana alerta que como o solo está encharcado pelos temporais dos últimos dias, aumenta o risco de alagamentos e deslizamentos de terra.

 

Um temporal que caiu no fim da tarde do sábado (09/03) causou inundações e transtornos por diversas partes da cidade. Houve queda de granizo em vários bairros. Alguns blocos de carnaval tiveram que interromper as apresentações. Em Mogi, no sábado houve ameaça de chuva com o céu escurecendo, mas não caiu uma gota na cidade, que teve uma das noites mais abafadas deste Verão, que termina em dez dias.

 

Pelo Twitter, o Corpo de Bombeiros informou que entre a 0 hora de sábado e as 20h10 as chamadas recebidas na Capital Paulista e toda Região Metropolitana chegaram a 118 para quedas de árvores, 26 para enchentes/alagamentos, e 6 para desabamentos/desmoronamentos.

 

O CGE chegou a registrar 22 pontos de alagamento. A área próxima ao Estádio do Morumbi, na zona oeste, voltou a sofrer com as chuvas. Desde a semana passada, a sede do São Paulo Futebol Clube está interditada após o local ter sido invadido pela água e pela lama durante uma tempestade.

Chuva todos os dias

 

De acordo com a Climatempo, entre o dia primeiro e 7 de março, pelo menos alguma região da Capital paulista foi alagada ou teve algum transtorno por causa dos temporais que atingiram a cidade e também parte do ABCA. Houve transbordamento de um ou mais córregos em todos os dias do Carnaval de 2019. Centenas de árvores foram ao chão neste verão por causa da chuvarada e da ventania.

Levantamento por essa empresa de previsão de tempo e clima, São Paulo entrou em março encharcada por quase 630 milímetros de água acumulados em janeiro e em fevereiro, o que corresponde a quase 40% da média de chuva normal para 1 ano, que é de 1616 milímetros, valor de referência calculado pelo Instituto Nacional de Meteorologia para o período de 1981 a 2010.

 

Ao fim de 8 dias, o total de chuva acumulado em março de 2019 era de aproximadamente 100 milímetro, 46% da média normal para o mês que é de 214 mm  INMET, 1981-2010).

 

Vale lembrar que durante esses dias, Mogi das Cruzes não registrou chuvas volumosas, como ocorreu durante praticamente todo o mês de fevereiro.

 

*Com Daniel Mello – Agência Brasil – São Paulo 

 

Frente fria passa pelo litoral paulista e afeta o tempo na Grande São Paulo

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Uma frente fria passa pelo litoral paulista neste domingo, e deve causar aumento dos ventos, nuvens e chuvas fortes e contínuas em praticamente toda a Região Metropolitana de São Paulo – composta pela Capital e por outras 38 cidades – incluindo as dez do Alto Tietê (Mogi das Cruzes, Suzano, Itaquaquecetuba, Poá, Ferraz de Vasconcelos, Arujá, Santa Isabel, Biritiba Mirim, Salesópolis e Guararema). Mas as temperaturas continuam altas, não tanto como nos últimos dias, mas ainda com horários de muito abafamento.

 

Segundo a Climatempo, essa maior nebulosidade na Grande São Paulo é causado pela proximidade de um sistema de baixa pressão atmosférica no mar e de uma frente fria no oceano – dois sistemas que alimentam e criam nuvens. O sul paulista fica com o tempo fechado e pode chover a qualquer hora.

 

Em Mogi, dos mais de 33°C do sábado, a máxima neste domingo (10/03) não passa dos 26°C. Estão previstas pancadas de chuva à tarde e à noite. A segunda-feira (11/03) na cidade deve ter mínima de 18°C e máxima de 25°C, um a menos que neste domingo, na cidade. A previsão é que o dia seja de tempo nublado a maior parte do tempo, com chuva a qualquer hora, já vinda da noite e madrugada de domingo. Há possibilidade de aberturas de sol, mas para o período da tarde a previsão é de chuvas fortes.

 

Na terça-feira, quarta e quinta (12, 13 e 14/03), o tempo deve abrir mais e as máximas em Mogi das Cruzes já devem subir para 27°C, 28°C e 29°C respectivamente, com o mesmo cenário deste domingo: sol, aumento de nuvens e pancadas de chuva a qualquer momento.

 

Foto: EBC / Divulgação

 

Período de chuvas exige cuidado redobrado com as enchentes

 

Arte: Governo do Estado de São Paulo