Semae: prefeito determina suspensão de cortes por inadimplência por 30 dias

Cortes por inadimplência para os clientes do Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae), suspensos por 30 dias

 

DE MOGI DAS CRUZES – O prefeito Marcus Melo determinou a suspensão de cortes por inadimplência para os clientes do Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae), por 30 dias, como medida para reduzir o impacto financeiro provocado nas famílias em razão da pandemia do novo Coronavírus. São cerca de 140 mil ligações na cidade. Pelo mesmo período e exclusivamente para famílias de baixa renda, haverá suspensão da cobrança da tarifa de água e esgoto. Os benefícios foram anunciados pelo prefeito na noite de quinta-feira (19/03), durante transmissão ao vivo em rede social para atualização das informações sobre a Covid-19.

“Fiz ofícios à Bandeirante e à Comgás pedindo a suspensão dos cortes. Como o Semae é uma autarquia ligada à Prefeitura, eu determinei a suspensão da cobrança para famílias que estão nos programas de baixa renda”, afirmou Melo.

A autarquia ainda definirá como será a concessão dos benefícios e quantas famílias serão atendidas, após levantamento conjunto com a Secretaria Municipal de Assistência Social. O prazo de 30 dias poderá ser prorrogado.

A suspensão de cortes por inadimplência e da cobrança para famílias de baixa renda integra uma série de medidas que vêm sendo adotadas na cidade para enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus.

Desde terça-feira (17/03), o município está em situação de emergência para conter a disseminação do vírus, de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e do Centro de Contingência do Coronavírus no Estado de São Paulo.

A Prefeitura criou um Centro de Referência do Coronavírus no Hospital Municipal de Mogi das Cruzes, com entrada exclusiva pelo Bloco “B”, que fica na rua Capitão Francisco de Almeida, nº466, no distrito de Braz Cubas. O serviço médico está disponível para pacientes com idade a partir dos 13 anos. Para menores, o atendimento continua sendo realizado no Pronto Atendimento Infantil 24 horas.

O espaço foi especialmente preparado para realizar acolhimento e atendimento aos pacientes com toda segurança necessária e sem contato com outros setores. Com a suspensão das cirurgias eletivas, exames e consultas ambulatoriais na unidade, os espaços e leitos serão disponibilizados para eventuais internações, inclusive Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A Prefeitura disponibilizou uma linha telefônica exclusiva para esclarecimento de dúvidas de pacientes com sintomas ou suspeita do novo coronavírus, o 4798-5160. O canal é atendido por médicos e profissionais de saúde capacitados para orientar corretamente para o atendimento ou procedimento mais indicado, dependendo do caso.

A administração municipal restringiu o atendimento presencial à população e o acesso ao prédio da Prefeitura e disponibilizou contatos telefônicos e por WhatsApp com as secretarias municipais e serviços para que o atendimento à população possa ser feito de maneira remota.

Lanchonetes, bares, restaurantes, casas noturnas, casas de show, tabacarias e adegas não poderão funcionar no período entre meia-noite e as 5 horas. Denúncias podem ser feitas pelo telefone 153, que funciona 24 horas por dia.

No sistema de transporte coletivo municipal, desde o meio-dia de quinta-feira (19/03) houve uma diminuição de 17 ônibus em circulação fora do horário de pico. A medida foi discutida na noite de quarta (18), em reunião dos prefeitos do Consórcio dos Municípios do Alto Tietê (Condemat). Ficou decidido que haverá uma redução gradativa no número de viagens do transporte coletivo e que cada prefeitura decidirá sobre a operação em sua cidade.