Rua Rodésia, no Jd. Santos Dumont, tem nivelamento e cascalhamento

 

DE MOGI DAS CRUZES – Os trabalhos de nivelamento e cascalhamento, que antecedem a pavimentação asfáltica, começaram a ser feitos nesta semana na Rua Rodésia, no Jardim Santos Dumont, bairro do distrito de Braz Cubas, em Mogi das Cruzes. Com isso, a previsão é que o asfalto comece a ser feito na via dentro dos próximos 15 dias, se não houver novas chuvas e contratempos com a cheia do Rio Jundiaí.

Ao longo dos últimos meses, a via já vem passando por trabalhos preparatórios. Primeiramente, foram feitas as intervenções de drenagem e implantação de guias e sarjetas. Na sequência, em razão das fortes chuvas e o alto nível do rio Jundiaí, houve empoçamento de água e a necessidade de ingressar com trabalhos corretivos, que possibilitassem a continuidade das obras.

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) também faz parte da frente de trabalho e finaliza no momento os trabalhos nas interligações, essenciais para a qualidade de vida da população local, além de garantir durabilidade ao trabalho de pavimentação.

O anúncio e a assinatura da ordem de serviço das obras de pavimentação da Rua Rodésia foram feitos pelo prefeito Marcus Melo no início de dezembro passado, durante reunião do projeto “A Cidade é Aqui”, com cerca de 400 moradores da região do Jardim Santos Dumont.

A notícia foi muito comemorada pela comunidade, já que o asfaltamento da via era uma antiga reivindicação do bairro. No passado, a região do Oropó foi contemplada com obras de urbanização, que compreenderam pavimentação asfáltica, mas a Rua Rodésia não foi contemplada, por restrições ambientais.

A obra agora em andamento foi possibilitada após a obtenção, por parte da Prefeitura, de licenciamento ambiental. O documento foi necessário pelo fato de a região estar inserida em Área de Proteção de Mananciais, dada a proximidade com o Rio Jundiaí.

Em um segundo momento, outras sete ruas e vielas da região do Jardim Aeroporto também serão pavimentadas. São elas: rua Panair e trechos finais das ruas José Juca Assi, Guajará, Graviola, Freijó, bem como duas vielas. Ao todo, serão 1.200 metros lineares de vias públicas contempladas.