Represas de Mogi das Cruzes e região fecham janeiro com mais chuva que o esperado, pela primeira vez em sete anos

É o primeiro janeiro, em sete anos, que choveu mais que a média histórica prevista nas cinco represas da região de Mogi das Cruzes

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – O volume de chuvas esperado em janeiro de 2020 nas cinco represas do Sistema Produtor Alto Tietê (Spat), em Mogi das Cruzes e região era de 246,1 milímetros – mas choveu bem mais, exatos 251,7 milímetros – o que fez o mês iniciar com volume maior que a média histórica. Isso ocorre pela primeira vez desde 2012, ou seja, há sete anos.

De acordo com os dados divulgados às 9h de cada manhã pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), este janeiro teve 2,2% mais de pluviometria – conforme dados fechados em 31 de janeiro.

O Sistema Produtor Alto Tietê (Spat) é composto pelos reservatórios de Ponte Nova e Paraitinga (amba sem Salesópolis), Biritiba (em Biritiba Mirim), Jundiaí (em Mogi das Cruzes) e Taiaçupeba (em Mogi das Cruzes e Suzano).

E as chuvas de janeiro de 2020 superam, também, a de janeiro de 2019, quando a expectativa era de 246,1 milímetros e só choveu 212,3 milímetros. Portanto, choveu 18,5% mais neste ano.

Ainda de acordo com a Sabesp, os cinco reservatórios juntos fecharam o dia 31 de janeiro de 2020 com 83,2% de água acumulada (de um total de 100% da capacidade total de armazenamento). Esse total de água guardada equivale a 466,19 h3  (hectômetros cúbicos). Como comparação, cada hectômetro cúbico equivale a 1.000.000.000 (um bilhão de litros) de água.

_____________________________

Embora o saldo total de água acumulada nas cinco represas tenha fechado em 83,2%, veja como ficou a situação em cada uma das cinco represas do Sistema Produtor Alto Tietê ao final de janeiro:

Represa de Paraitinga: 83,49%

Represa da Ponte Nova: 92,24%%

Represa de Biritiba: 39,31%

Represa do Rio Jundiaí: 71,60%

Represa de Taiaçupeba:  64,86%

Total médio de ocupação de água mas 5 represas: 83,2%

_____________________________

 

Para fevereiro, a média histórica de chuvas esperadas para todo o mês nas cinco represas é de 194,9 milímetros, e a previsão da meteorologia indica que esse total deve ser igualado ou até superado, em razão deste Verão ser um dos mais chuvosos dos últimos tempos na Região Sudeste do País, incluindo a Região Metropolitana de São Paulo.

_____________

Saiba onde ficam as cinco represas do Sistema Alto Tietê (Spat)

O Sistema Produtor do Alto Tietê (Spat) é composto por cinco reservatórios: Ponte Nova e Paraitinga (amba sem Salesópolis), Biritiba (em Biritiba Mirim), Jundiaí (em Mogi das Cruzes) e Taiaçupeba (em Mogi das Cruzes e Suzano)conforme o mapa acima).
Essas represas são interligadas por cerca de 28 quilômetros de túneis e canais e contam com uma estação elevatória com capacidade para impulsionar 33 mil litros por segundo de água em um desnível geográfico de cerca de 120 metros.
O tratamento é feito na estação do Guajaú, a maior instalação de tratamento da Grande São Paulo.

Veja imagens de uma das represas do Sistema Produtor Alto Tietê, a de Taiaçupeba, entre Mogi das Cruzes e Suzano, feita pela Edglausiga Imagens Aéreas