Quinta, 4, amanhece com chuva em Mogi e região. Sábado terá mínima de 4ºC

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Depois de vários dias de verão fora de hora, com temperaturas máximas na casa dos 27ºC, 28ºC – mesmo com o Inverno tendo começado às 12h54 do último dia 21 de junho – a quinta-feira (04/07) amanhece com chuva em grande parte do estado e em toda a Região Metropolitana de São Paulo – incluindo o Alto Tietê – região de Mogi das Cruzes. Chove deste das 3h da madrugada – após quase 40 dias de estiagem.

E o mogiano precisa se preparar, pois a mínima, no sábado, pode ser apenas de 4ºC e de 6ºC no domingo  (veja quadro da Climatempo mais abaixo).

Segundo a Climatempo, áreas de instabilidade associadas à grande frente fria que passa por São Paulo vão atuar no estado durante esta quinta-feira. O predomínio é de céu encoberto no oeste, centro-sul e leste paulista, incluindo a capital. “São esperadas várias pancadas de chuva ao longo do dia, com moderada a forte intensidade. Entre o Vale do Paraíba e o noroeste do estado o sol aparece em alguns momentos, mas também pode chover a qualquer hora, com até forte intensidade. Apenas o extremo norte, entre as regiões de Franca e Rio Preto, continua com sol forte na maior parte do dia e deve ter chuva só a partir da tarde”, descreve  Maira Di Giaimo, da Climatempo.

Queda da temperatura

E além da chuva, outro destaque do dia é a queda na temperatura. Isso porque a cobertura de nuvens e a entrada de ar polar vão manter o dia frio em todo o estado. “A passagem desta forte frente fria também deixa ao mar agitado. Há risco de ressaca, com ondas de até 3 metros na quinta-feira em toda a costa paulista. É recomendado evitar a navegação e o banho de mar. Venta forte e as rajadas chegam aos 60 km por hora”, adverte Maira Di Giamio.
E, na prática, esse mar mais encrespado já deixa paralisada a única balsa entre São Sebastião e Ilhabela, no litoral norte paulista. Isso permanecerá até que o mar fique menos agitado. Nas balsas que operam entre a Ponta da Praia e Guarujá, a chuva,  vento e o mar mais movimentado geram grandes filas.

Em Mogi das Cruzes, a temperatura máxima 28ºC registrada na quarta-feira cai para 21ºC nesta quinta, e apenas 15ºC na sexta, sábado e 16ºC.

 

Sexta-feira chuvosa

 

Ainda de acordo com a Climatempo, na sexta-feira (05/07) o tempo vai continuar instável, com chuva persistente pelo centro-norte e leste paulista. Na Grande São Paulo ainda pode chover forte durante a manhã e a tarde, mas à noite a chuva enfraquece e deve apenas garoar. No sul e oeste do estado o ar seco já ganha força e não chove mais.

Fim de semana gelado no estado

 

Segundo a previsão da Climatempo, o ar seco de origem polar vai ganhar força por todo o estado no fim de semana e o frio será intenso no sábado e domingo. Apesar do sol e do tempo firme, as temperaturas registradas serão muito baixas, especialmente ao amanhecer. Grande parte do estado pode começar o sábado com geada.

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), fez um alerta para que, durante o período de baixas temperaturas, seja oferecida atenção especial à população mais vulnerável (doentes, moradores de rua, idosos e crianças).

A população deve se manter agasalhada, beber bastante líquido e evitar locais fechados e de grande circulação de pessoas. Tais medidas previnem doenças respiratórias como gripe, resfriados e pneumonia. Nas noites mais frias, animais domésticos também devem ficar abrigados.

Essa deve ser a mais forte das duas frentes frias previstas para este Inverno em Mogi e região, conforme reportagem anterior (leia abaixo). De acordo com os meteorologistas, esta estação deverá ser moderada, no geral.