Problemas nos carnês do IPTU geram exoneração de secretário em Mogi

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Os problemas na emissão de 2,5 mil carnês do Imposto do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2019, de Mogi das Cruzes, causaram a exoneração do secretário municipal de Finanças, Aurílio Sérgio Costa Caiado. A exoneração ocorreu durante esta sexta-feira (08/02).

Segundo apurou a reportagem,  foi demitida pelo prefeito Marcus Melo também a diretora de departamento, Cláudia Câmara. Caiado estava em férias e recebeu o bilhete azul por telefone. No fim da tarde, em uma reunião com outros secretários, o prefeito teria ficado irritado pelo fato da repetição de problemas com o IPTU, que no ano passado resultaram em uma grande manifestação contra o prefeito e a Prefeitura, na inauguração do Complexo Viário (túneis sob os trilhos da CPTM), na área central da cidade (relembre sobre isso mais abaixo).

Em razão dos problemas com os carnês, os vencimentos da primeira de dez parcelas do IPTU deste ano em Mogi, que deveriam ocorrer nesta sexta e sábado (08 e 09/02), foram prorrogadas para o dia 15, assim como a parcela única com desconto. Foi prorrogado, também até o dia 15, o plantão para atendimento do IPTU.

De acordo com informações obtidas pela reportagem do CORREIO INDEPENDENTE, entre os problemas nos carnês do tributo municipal havia muitos com inconsistência de cálculo, cálculos errados, além de outros impressos sem todas as informações.

A Prefeitura ainda não comentou oficialmente a saída do secretário e nem sobre quem será o seu substituto.

Currículo

O agora ex-secretário de Finanças de Mogi, Aurílio Sérgio Costa Caiado, estava no cargo desde o início do mandato do prefeito Marcus Melo, em 2017. Quando recebeu o convite, era secretário da Fazenda da Prefeitura Municipal de Sorocaba, no interior paulista. É Doutor em Ciências pelo Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas, Mestre em Administração Pública e Planejamento Urbano pela Fundação Getúlio Vargas – FGV/ SP, com especialização em Programa de Mestrado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Foi diretor técnico de Políticas Sociais da Fundap, coordenador de Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo.

 

Foto: Arquivo pessoal

 

LEIA MAIS SOBRE A PRORROGAÇÃO DO PAGAMENTO DO IPTU DE MOGI

RELEMBRE REPORTAGEM DOS PROTESTOS CONTRA O IPTU DE MOGI NA INAUGURAÇÃO DO COMPLEXO VIÁRIO NO CENTRO DA CIDADE