Prefeito apresenta novos secretário de Finanças e ouvidor de Mogi

 

 

DE MOGI DAS CRUZES – O prefeito Marcus Melo assinou, na manhã desta segunda-feira (11/03), o termo de posse de dois novos integrantes do governo municipal: Clovis da Silva Hatiw Lú Júnior, que assume a Secretaria de Finanças (à esquerda, na foto), e Romildo de Pinho Campello (à direita, na foto acima), que volta ao comando da Ouvidoria Geral do Município. Melo deu as boas vindas aos novos integrantes do primeiro escalão e destacou o papel de ambas as funções na prestação de bons serviços à população.

 

“Na área de finanças, o desafio é atender a todos os investimentos necessários para nossa cidade, principalmente nas áreas de saúde, educação e segurança. E a Ouvidoria tem a missão de estabelecer uma comunicação eficiente com o cidadão e solucionar os pedidos recebidos da comunidade”, disse Melo.

 

O vice-prefeito, Juliano Abe, destacou o “novo oxigênio” representado pelos novos membros da gestão. “Quando um técnico coloca um novo jogador é para fortalecer o time. Nosso único objetivo é vencer e prestar um bom atendimento ao público”.

 

Clóvis da Silva Hatiw Lú Júnior nasceu em Mogi das Cruzes e é advogado. Bacharel em Ciências Jurídicas pela Universidade Braz Cubas e pós-graduado em Direito Processual pela Universidade do Sul de Santa Catarina. Presidiu a Comissão do Jovem Advogado da OAB de Poá, foi assessor jurídico da Prefeitura de Poá e atuou como diretor da Secretaria de Negócios Internos e Jurídicos Prefeitura de Itapevi.

 

Também trabalhou como coordenador da Procuradoria Jurídica do Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) de Mogi das Cruzes e diretor do Departamento Administrativo da autarquia, cargo que ocupou de 2017 até sua nomeação para a Secretaria Municipal de Finanças.

 

“É um grande desafio que procuro encarar com responsabilidade e vou desempenhar com muita retidão, lealdade e comprometimento, alinhando a atuação da secretaria ao modelo de gestão do prefeito Marcus Melo, a quem agradeço o convite, me colocando à disposição”, afirmou Clóvis.

 

Romildo de Pinho Campello tem formação na área de tecnologia e inovação. Atuou como secretário do Verde e Meio Ambiente e também Ouvidor Geral de Mogi das Cruzes (oportunidade em que ganhou o Prêmio Mário Covas por inovação em Gestão Municipal). Foi presidente estadual da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma), secretário-adjunto do Verde e Meio Ambiente da cidade de São Paulo e chefe de Gabinete, secretário de Turismo do Estado de São Paulo e secretário da Cultura do Estado de São Paulo.

 

Imprimiu uma comunicação descentralizada, lançou o aplicativo Sistema Estadual da Cultura, resgatou os Pontos de Cultura para o Estado, criou a Nota Fiscal Paulista para a Cultura, ampliou os investimentos em formação, aumentou o número de cidades participantes da Virada Cultural Paulista, abriu espaço para artistas e produtores independentes, fortaleceu o Programa de Ação Cultural (ProAC Editais e ProAC ICMS) e aumentou os recursos destinados à gestão cultural, por meio de captação e parcerias privadas e públicas.

 

Em sua gestão, projetos da Secretaria da Cultura ganharam ou foram indicados para os principais prêmios da área cultural, como Prêmio Concerto 2018, Melhores do ano da Folha de S. Paulo, Melhor Biblioteca Pública do Mundo e Concurso Latino Americano de Piano, entre outros.

 

“Retorno a Mogi das Cruzes com espírito de contribuição. Nosso desafio é uma atualização da Ouvidoria. Quando foi criada, em 2013, era uma inovação, mas a realidade de comunicação e de interação da sociedade era bem diferente do que é hoje. Vamos continuar próximos da população fisicamente e também conectar a Ouvidoria às redes sociais para criar, a partir daí, uma nova base de comunicação para entender os acertos e aperfeiçoamentos que a administração precisa”, destacou Romildo.

 

Participaram da cerimônia o presidente da Câmara, Sadao Sakai, além de secretários municipais, diretores e vereadores.

 

Foto: Junior Lago/PMMC