Policiais do 3º DP de Cezar de Souza, de Mogi, com o Garra, prendem em SP quadrilha especializada em roubo a residências

Policiais mogianos obtiveram mandados judiciais e acabaram flagrando quadrilha após roubo em casa na Zona Oeste de São Paulo

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Nesta sexta-feira (21/08), policiais civis do 3º Distrito Policial de Mogi das Cruzes – na Grande São Paulo, com apoio do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), prenderam quatro homens, integrantes de uma quadrilha especializada em roubo a residências, no bairro de Alto de Pinheiros, na Capital paulista. Ambos pertencem ao Demacro, o Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo.

As investigações tiveram início após um roubo, ocorrido no último dia 5, no bairro do Socorro, em Mogi das Cruzes, quando homens armados renderam uma vítima, com uso de violência, e levaram vários objetos de valor da residência. A partir daí, a polícia conseguiu identificar os criminosos.

Com mandados de prisão expedidos pela Justiça, os policiais de Mogi das Cruzes localizaram os quatro homens logo após a quadrilha ter praticado mais um roubo, desta vez em uma residência de Alto Padrão, na Zona Oeste da Capital paulista.

Os criminosos foram surpreendidos pelos policiais civis do 3º Distrito Policial e do Garra de Mogi das Cruzes no momento em que saíam da casa carregando diversas jóias, aparelhos eletrônicos roubados, além de materiais utilizados especificamente  para arrebentar armários, portas e cofres das casas roubadas, como barras de ferro e enforca-gatos, para prender as vítimas.

De acordo com a polícia, os quatro criminosos têm idade entre 24 e 27 anos. Com um deles havia quase R$ 40 mil em dinheiro.

Além dos assaltantes, a Polícia Civil identificou e prendeu também o receptador dos produtos roubados. Diversos objetos foram localizados e restituídos às vítimas.

O bando foi preso em flagrante e responderá pelos crime de roubo e receptação. Os veículos utilizados pelos bandidos também foram apreendidos pela polícia. Todos fora levados para o 3º Distrito Policial de Mogi das Cruzes.

Fotos: Polícia Civil / Divulgação