Polícia Civil detém cinco durante operação Basta de Pedofilia II

 

DE SÃO PAULO – A Polícia Civil deteve cinco homens acusados de armazenarem materiais pornográficos. As prisões aconteceram, nesta terça-feira (13/08), durante a operação Basta de Pedofilia II, deflagrada para combater e reprimir a exploração sexual de crianças e adolescentes na internet.

Coordenada pela Divisão de Proteção à Pessoa (DPP) do Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a segunda fase da operação cumpriu oito mandados de busca e apreensão, com auxílio de todas as delegacias especializadas da Divisão.

As ordens judiciais resultaram em flagrantes de armazenamento de material pornográfico e apreensão de dispositivos eletrônicos. As prisões foram realizadas em diferentes endereços das zonas norte, leste, oeste e centro da Capital paulista.

Os conteúdos foram recolhidos graças ao conhecimento tecnológico dos policiais civis envolvidos na ação, já que os autores utilizam softwares que permitem o compartilhamento e armazenamento desses arquivos com outros usuários da rede de internet.

As atividades de campo são resultados do trabalho de polícia judiciária da Delegacia de Repressão à Pedofilia, que realiza “rondas virtuais” com o objetivo de coletar e analisar endereços de internet potencialmente utilizados para a prática do crime de pedofilia.

Imagem

Primeira fase da operação

A primeira fase da ação foi realizada no dia 26 de junho e cumpriu 10 mandados de busca e apreensão na Capital e nos municípios de Mairiporã e Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP).

Na ocasião, ao todo, oito indivíduos foram presos em flagrante. Seis por armazenamento de material pornográfico e dois por compartilhamento do mesmo material.