Polícia Civil descobre refinaria de drogas em Poá e prende mulher

Na casa de traficante famoso no bairro policiais encontraram equipamentos para embalar as drogas

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – A Polícia Civil descobriu nesta quarta-feira (06/02) uma casa em Poá, um dos municípios do Alto Tietê, que era utilizada como refinaria de drogas. Na ação, uma mulher acabou presa. Ela confessou que estava guardando a droga para o namorado que está preso.

De acordo com os policiais da Delegacia Central de Polícia Civil de Itaquaquecetuba, cidade vizinha, uma denúncia anônima desencadeou a ação e no imóvel, na Vila das Rosas, em Poá, encontraram 95 pinos de cocaína, 10 tijolos de maconha – pesando dez quilos da droga), um máquina seladora, além de vários utensílios utilizados no preparo dos entorpecentes.

Os investigadores informaram que o equipamento que os traficantes utilizavam na casa permitia que a droga fosse embalada em escala industrial, com muita rapidez desde a chegada do material a granel até estarem prontas as embalagens individuais para a comercialização.
A namorada do traficante, que está preso, foi quem demonstrou aos policiais civis como funcionava a refinaria de drogas. Ela foi autuada em flagrante por tráfico, presa e  e encaminhada à Cadeia Pública da cidade. A droga foi apreendida e encaminhada para perícia.

Foto: Polícia Civil / Divulgação