Poá busca autorização do TJ-SP para demolir antigo prédio do Fórum

Em 2009, o TJ-SP interditou preventivamente o prédio do Fórum de Poá sob o risco de desabamento

 

DE POÁ – O prefeito de Poá, Gian Lopes, participou nesta tarde (08/10) de reunião no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), ao lado dos secretários municipais de Assuntos Jurídicos, Dr. Fábio Oliveira dos Santos e de Obras, Augusto de Jesus, para tratar dos trâmites finais para demolição do prédio do antigo Fórum de Poá,  ação que já está sendo buscada há alguns meses e hoje avançaram as conversas. Eles foram recebidos pelos representantes do TJ-SP, a juíza Ana Rita Figueiredo Nery (assessora da presidência), a engenheira Elizabeth Fátima de Oliveira Moreira (diretora de Engenharia), Sandra Valéria Faria Santos (diretora), Fernando Matheus Duarte Casarotti (coordenador), e nos próximos dias deve ser confirmada a autorização para a demolição.

Segundo explicou o prefeito Gian Lopes, após a demolição do prédio e limpeza do terreno, o governo do Estado construirá um novo Fórum no município, mais espaçoso e moderno, melhorando o atendimento à população. “É uma demanda antiga da população e que estamos lutando há algum tempo para tentar resolvê-la e agora estamos nos trâmites finais para chegar na solução definitiva”, comentou.Em 2009, o TJ-SP interditou preventivamente o prédio do Fórum de Poá sob o risco de desabamento. Engenheiros contratados pelo governo do Estado estiveram no local e determinaram a saída imediata dos funcionários. Durante a inspeção, os técnicos encontraram problemas estruturais. O atendimento foi transferido para um novo espaço na Avenida Nove de Julho, na região central de Poá.

 

Fotos: Flávio Aquino/Departamento de Comunicação de Poá