Polícia Militar prende neste sábado, 23, em Braz Cubas, Mogi das Cruzes, criminoso por saque indevido de R$ 9,5 mil do Auxílio Emergencial

Homem foi preso pela Polícia Militar na área central do Distrito de Braz Cubas, com mais de R$ 9,5 mil sacados indevidamente e cartões Caixa

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Um criminoso foi preso neste sábado (23/05) na área central do Distrito de Braz Cubas, em Mogi das Cruzes, com mais de R$ 9,5 mil sacados indevidamente na Caixa Econômica, do Auxílio Emergencial do Governo Federal. Neste sábado, agências do Alto Tietê emArujá, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá e Suzano abriram das 8h às 12h para atender beneficiários desse auxílio.

De acordo com a corporação, policiais militares, do 17º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano chegaram até o criminoso após serem acionados via Copom –  Centro de Operações da Polícia Militar, que informou que indivíduos estariam em atitudes efetuando saques ilegais em agências das Caixa Econômica Federal.

A equipe intensificou o patrulhamento, e na Rua Isidoro Boucault, área central do Distrito de Braz Cubas, onde existe uma agência da Caixa Econômica Federal, obteve sucesso em abordar o criminoso e localizar os produtos ilícitos. Indagado, ele confirmou os saques indevidos. Um veículo VW/Cross Fox usado pelo criminoso também foi apreendido.

Com um criminoso, os PMs encontraram R$ 9.592,00 e seis cartões com a logomarca da Caixa Econômica Federal, sem identificação dos correntistas. Segundo os policiais, junto aos cartões tinham seis dígitos anotados, fazendo crer serem as respectivas senhas das contas bancárias.

O homem foi encaminhado ao 1º Distrito Policial de Mogi, no Parque Monte Líbano,onde permaneceu à disposição da Justiça. A Polícia Civil vai investigar se ele age sozinho ou integra alguma quadrilha.

 

Foto: Polícia Militar / Divulgação