Paulistão parado: Federação Paulista de Futebol diz que não há data para retorno de treinos

Decisão foi tomada durante reunião por videoconferência

 

DE SÃO PAULO – A Federação Paulista de Futebol e os Clubes do Campeonato Paulista Série A1 – 2020 realizaram reunião virtual nesta segunda-feira (04/05), a fim de atualizar os acontecimentos em decorrência da Pandemia do novo Coronavírus – responsável pela Covid-19 e a retomada do futebol, quando esta for autorizada.

Após o encontro, a entidade anunciou que o retorno dos treinos das equipes de São Paulo permanecem sem uma data definida.

“Em comum acordo, todos os clubes decidiram voltar aos treinamentos em conjunto, na mesma data, que será acordada assim que houver a autorização por parte das autoridades de saúde”, diz a nota divulgada após o fim da reunião.

“- O futebol paulista, unido e consciente de seu papel perante à sociedade, afirma que apenas voltará às atividades quando as autoridades de saúde estadual e municipais permitirem, preservando a integridade de todos os envolvidos na organização das partidas”, prosseguiu a nota.

Além disso, a Federação Paulista informou que está em “contato constante com o Governo do Estado de São Paulo e enviou o Protocolo de Retomada do Futebol, produzido pela Comissão Médica da FPF”.

Mas mesmo sem o retorno das atividades, por conta da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), a entidade voltou a afirmar que “o Campeonato Paulista será finalizado, sim, em campo”. Mas sempre seguindo só “os prazos e protocolos de saúde estabelecidos pelas autoridades”.

A FPF decidiu que não realizará em 2020 a tradicional Festa de Premiação dos Melhores do Campeonato. O valor que seria investido no evento será integralmente revertido para o custeio do Protocolo de Retomada do Futebol. O mesmo acontecerá em relação ao apoio financeiro recebido pela CBF, no valor de R$ 120 mil.

Participantes da Videoconferência:

Reinaldo Carneiro Bastos – Presidente FPF;
Fernando Enes Solleiro – Vice-Presidente FPF;
Mauro Silva – Vice-Presidente FPF;
Luis Antonio Martinez Vidal – Vice-Presidente FPF;
Gustavo Delbin – Vice-Presidente de Registro, Transferências e Licenciamentos FPF;
Mislaine Scarelli – Vice-Presidente de Gestão Corporativa FPF;
Emerson Piovesan – Vice-Presidente de Finanças FPF;
Moisés Cohen – Presidente do Comitê Médico FPF;
Fernando Mello – Vice-Presidente de Comunicação e Marketing FPF;
Bernardo Itri – Diretor de Comunicação FPF;
Cristina Abreu – Diretora de Competições FPF;
Ana Paula Oliveira – Presidente da Comissão Estatual de Arbitragem FPF;
Ednilson Corona – Membro da Comissão Estadual de Arbitragem FPF;
Aline Pellegrino – Diretora de Futebol Feminino FPF;
Maurício Fragata – Gerente de Marketing FPF;
Andréa Franco – Coordenadora de Arrecadação da FPF;
Caio Medauar – Ouvidor FPF;
Lúcio Blanco – Consultor de Eventos Esportivos FPF;
André Sica – Membro Comissão de Assuntos Jurídicos;
Luiz Felipe Santoro – Membro Comissão de Assuntos Jurídicos;
Alexandre Pássaro Filho – Membro Comissão de Assuntos Jurídicos;
Cristiano Caús – Membro Comissão de Assuntos Jurídicos;
Lucas D´Andrea Balistiero – Presidente da AA Internacional de Limeira;
Sebastião Moreira Arcanjo – Presidente da AA Ponte Preta;
Gerson Engrácia Garcia – Presidente do Botafogo Futebol S/A;
Paulo Sirqueira Korek Farias – Presidente do EC Água Santa;
Sidney Gerson Riquetto – Presidente do EC Santo André;
Carlos Alberto Salmazo – Presidente da Ferroviária Futebol S/A;
Genilson da Rocha Santos – Presidente do Grêmio Novorizontino;
Ricardo Miguel Moisés – Presidente do Guarani FC;
Paulo Silvestri – Gestor do Ituano FC;
Edson Antônio Ermenegildo – Presidente do Mirassol FC;
Ernesto Francisco Garcia – Presidente do Oeste FC;
Thiago Roberto Scuro – Presidente do Red Bull Bragantino;
José Carlos Peres – Presidente do Santos FC;
Carlos Augusto de Barros e Silva – Presidente do São Paulo FC;
Maurício Precivalle Galiotte – Presidente da SE Palmeiras;
Andrés Navarro Sanchez – Presidente do SC Corinthians Pta;
Rinaldo Martorelli – Presidente SAPESP;
Aurélio Sant’anna Martins – Presidente SAFESP; e
Washington Mascarenhas – Presidente FENAPAF SP.

 

Foto: Lucas Figueiredo / CBF