Patrulhamento ambiental salva dois caiatistas no litoral do Guarujá

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Dois praticantes do caiatismo foram salvos por policiais militares da Companhia de Policiamento Ambiental Marítimo do 3º Batalhão de Polícia Ambiental neste domingo (13/01), na região costeira perto do Guarujá, uma das cidades da Baixada Santista, no litoral de São Paulo.
De acordo com os PMs, a equipe realizava um trabalho de patrulhamento pela área de costa do Guarujá e região, quando ao chegarem perto da lha do Pau a Pino avistaram dois homens que estavam sendo levados em direção às rochas.
Um deles, de acordo com os policiais, ainda estava em seu caiaque, porém não conseguia sair do local de risco, que poderia ser o choque contras as rochas. A segunda vítima já tinha caindo na água, e o seu caiaque já havia sido jogado nas pedras pela força da do mar agitado.
Utilizando as técnicas de policiamento náutico, um dos policiais rapidamente saltou na água e realizou o salvamento das vítimas. As vítimas, dois irmãos moradores de São Paulo, Capital, foram orientados sobre os locais de risco para evitarem novos sustos. Ambos passam bem.
Foto: Polícia Militar Ambiental Marítima / Divulgação