Outono começa à 0h50 desta sexta-feira, dia 20, com chegada de frente fria em SP; veja como deverá ser a nova estação

Primeiro dia da estação, sexta já terá tempo bastante diferente dos últimos dias

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE * – O Brasil e todo o hemisfério sul do planeta se despendem do Verão exatamente à 0h50 da madrugada desta sexta-feira (20/03), quando tem início o Outono – em meio a crise da pandemia de Coronavírus (Covid-19) que assola praticamente todos os países. Em São Paulo, a nova estação se inicia com uma frente fria que pode provocar temporais no estado e frio na Grande São Paulo no fim de semana – segundo indica a Climatempo.

Este primeiro dia do outono, apesar do aumento de nebulosidade e das pancadas de chuva, ainda será um dia abafado no estado de São Paulo a temperatura ainda não cai muito na Grande São Paulo.

“O estado fica, novamente, em alerta para temporais. As áreas de instabilidade crescem por todo o território paulista e as pancadas de chuva ocorrem várias vezes no decorrer do dia”, alerta os técnicos da Climatempo. Segundo eles, em muitas áreas do estado, incluindo a Grande São Paulo, essas pancadas de chuva podem vir com raios e também serem moderadas a fortes. Há risco de alagamentos na região da Grande São Paulo.

“Esta nova frente fria que passa pelo litoral de São Paulo pode provocar chuva volumosa sobre o litoral paulista novamente. A chuva muito forte que caiu no começo de março causou grandes deslizamentos e deixou dezenas de vítimas fatais na Baixada Santista. Em Santos, segundo A Defesa Civil do Estado de São Paulo já choveu 270,6 mm de 1 a 19 e março, ligeiramente superior à média para o mês que é 257 mm”, informa a Climatempo.

E esse Verão com menos dias de sol e céu azul – e muita chuva – havia sido antecipado pelo CORREIO INDEPENDENTE, com informações da própria Climatempo e de institutos estatais de meteorologia.

Fim de semana com queda de temperatura na Grande SP

Ainda de acordo com os meteorologistas da Climatempo, neste fim de semana (21 e 22/03) – o primeiro do outono de 2020 – os paulistas vão sentir a entrada do ar frio de origem polar. A temperatura cai de forma geral em todas as regiões paulistas, mas na região da Grande São Paulo,no litoral sul e na Baixada Santista, o excesso de nebulosidade e o vento frio vão ajudar a manter a temperatura amena o dia todo.

 

Como deverá ser o Outono 2020

Estação de transição entre o Verão e Inverno, o Outono acaba tendo as características de ambas, ou seja, mudanças rápidas nas condições de tempo, maior frequência de nevoeiros e registros de geadas em locais serranos das Regiões Sudeste e Sul.

De acordo com o primeiro boletim de 2020 divulgado pelo Centro Americano de Meteorologia e Oceanografia (NOAA), está mantida a previsão de neutralidade climática, ou seja, sem a presença dos fenômenos El Niño e La Niña. Dessa forma, há condição para haver ondas de calor no Sudeste em abril, mas, com a neutralidade no Pacífico durante o Outono, as primeiras ondas de frio podem atingir a região Sul na segunda quinzena do mês.

De acordo com os meteorologistas, de uma forma geral, o mês abril será mais quente que o normal, já que a a maior parte das frentes frias deverá ficar bloqueada sobre a Região Sul. Destaque para as maiores temperaturas previstas na primeira semana do mês. Apesar da temperatura acima da média, não há indicativo de persistência, já que logo após a primeira semana de calor, há previsão de declínio da temperatura.

Nas Regiões Sul, Sudeste e parte da Região Centro-Oeste do Brasil, as temperaturas tornam-se mais amenas devido à entrada de massas de ar frio, com temperaturas mínimas que variam entre 12ºC a 18ºC, chegando a valores inferiores a 10ºC nas regiões serranas. Nestas mesmas áreas, as temperaturas máximas oscilam entre 18ºC e 28ºC

Foto: Arquivo