Onça flagrada por caminhoneiro não estava na Rodovia Mogi-Bertioga

Vídeos que circulam pela web com onça em estrada não é da Mogi-Bertioga, mas do Vale do Ribeira

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Um vídeo postado no Youtube, e que já circula em redes sociais e pelo WhatsApp, mostra uma onça pintada, flagrada por um motorista de caminhão, como se o flagrante tivesse sido feito na última sexta-feira (12/07), na Rodovia Dom Paulo Rolim Loureiro, a Mogi-Bertioga (SP-098). Mas isso não é verdade. O vídeo (assista abaixo) foi feito seis dias antes, no Vale do Ribeira, região paulista que fica após a Baixada Santista e que vai até a divisa com o Paraná – a mais de 385 quilômetros de distância.

A reportagem do CORREIO INDEPENDENTE apurou que, na realidade, o vídeo foi feito sim, por um caminhoneiro, mas no dia 6 de julho, na cidade de Apiaí, no Vale do Ribeira. O felino estava às margens da Rodovia Sebastião Ferraz de Camargo Penteado (SP-250) – uma via administrada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-SP), que sai do Capão Bonito, em São Paulo, e vai até Ribeira, no Vale do mesmo nome, e tem o apelido de rodovia do cimento.

De acordo com informações coletadas, o flagrante foi feito na altura do km 295, no bairro Banhado Grande, em Apiaí.

Pelo vídeo é possível ver que o motorista e um provável acompanhante conversam enquanto filmam o animal do lado direito do caminhão. Eles vão se aproximando, enquanto o bicho encara o veículo e assim que o motorista para o bicho, assustado, num primeiro momento ameaça correr e logo em seguida foge e se embrenha na floresta densa daquele trecho do Estado de São Paulo. O vídeo é curto, tem apenas 18 segundos,mas mostra a riqueza das nossas matas.

De acordo com especialistas, a onça pintada, conhecida como Panthera onca, é considerado o maior felino das Américas, é um carnívoro que pode chegar a até 135 kg e 75 cm de altura. A espécime já é considerada oficialmente extinta nos Estados Unidos e está sob ameaça em outros países.

No Brasil, a espécie é vulnerável, mas o status de avaliação muda conforme o bioma no qual ela vive, como na Serra do Mar e adjacências, justamente a região onde ela foi avistada e filmada. Em toda a área de Mata Atlântica do país – desde o Sul da Bahia até o Norte do Rio Grande do Sul – estima-se que vivam apenas 250 onças pintadas.

 

 

_______

No Mato Grosso, onça ataca homem que
é salvo pelos seus cinco cães

 

Um homem de 58 anos foi atacado por uma onça-pintada no interior do Mato Grosso neste último domingo (14/07). Identificado como Julião Romero, a vítima sobreviveu graças à ajuda de seus cinco cães, que defenderam o dono do grande felino e saíram sem ferimentos.

O caso ocorreu em uma fazenda em Porto Murtinho, localizada a 454 km de Campo Grande. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem, que trabalha na fazenda, foi checar a origem de um mau cheiro em uma área de mata quando foi atacado pela onça.


Foto: Reprodução / Corpo de Bombeiros)

 

O bicho mordeu Romero nas costas e ainda o feriu com suas garras. Ao ver o dono sendo atacado, os cães latiram e partiram para cima do animal, que fugiu. A vítima foi encaminhada para o Pronto Socorro Municipal e não corre risco de vida.

Segundo especialistas, onças costumam atacar humanos quando estão defendendo seus alimentos. Os bombeiros afirmaram que a origem do cheiro era o cadáver de um animal morto pela onça.