Novos membros do Conselho Tutelar são empossados em Mogi

Novos membros vão atuar nas três unidades do CT, no Centro e nos distritos de Braz Cubas e Jundiapeba

 

DE MOGI DAS CRUZES – Durante uma solenidade, realizada na noite desta segunda-feira (13/01), o prefeito Marcus Melo assinou o decreto de nomeação dos novos conselheiros tutelares de Mogi das Cruzes para a gestão 2020/2023. O evento aconteceu no auditório do prédio II da Prefeitura de Mogi das Cruzes, no antigo campus de Direito da Universidade Braz Cubas, na Rua Francisco Franco.

Na ocasião, Melo também anunciou o início das atividades do 3º Conselho Tutelar da cidade, que será no distrito de Jundiapeba, em atendimento a uma antiga demanda. Além do prefeito, participaram da solenidade o vice-prefeito Juliano Abe, o juiz da Vara da Infância e Juventude, Gioia Perini, a secretária municipal de Assistência Social, Neusa Marialva, e o vereador Jean Lopes, representando a Câmara Municipal, entre outras autoridades.

Tomaram posse 30 conselheiros, sendo 15 titulares e 15 suplentes, para atuar nas unidades do Centro, Braz Cubas e Jundiapeba (veja relação abaixo). A eleição dos novos conselheiros tutelares foi realizada em 6 de outubro e contou com o voto aberto de 6.172 eleitores, dos quais 6.114 realizaram nominais, 9 brancos e 49 nulos. O processo eleitoral foi realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) com apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social.

“Mogi das Cruzes tem um olhar especial para as crianças e, a partir deste ano, a cidade passa a contar com a terceira unidade do Conselho Tutelar, no distrito de Jundiapeba, que vai aumentar a atenção e o amparo que o município já realiza nessa área”, afirmou o prefeito, que fez questão de citar o artigo 227 da Constituição durante a solenidade: “É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.”

Os novos conselheiros tutelares cumprirão mandato de quatro anos em três unidades: Centro, Braz Cubas e Jundiapeba. Cada Conselho Tutelar é composto por cinco membros titulares e cinco suplentes. Os conselheiros eleitos contam com remuneração mensal de R$ 2.623,13. Os recursos são do município, que também arca com a despesa de manutenção das unidades, como veículos, combustível, funcionários administrativos, material de consumo e equipamentos.

Os novos conselheiros passaram por capacitação com objetivo de preparar os membros do Conselho para a importante tarefa para a qual foram eleitos. A cada um dos membros fica o encargo de zelar pelo cumprimento dos direitos das crianças e adolescentes, com base no que preconiza o Estatuto da Criança e do Adolescente. “Estudem, busquem informação e conhecimento, e contem conosco, porque estaremos sempre prontos para ajudar em tudo o que for necessário”, acrescentou o juiz Gioia Perini.

Na solenidade, também foi realizado um agradecimento especial aos antigos conselheiros, que atuaram, nos últimos quatro anos na cidade.

Membros Titulares

Conselho Tutelar Centro

-Elisabete Neres Feitosa Brandão

-Maria Ap. Ferreira da Souza Oliveira

-Paola Vanessa Galvão G. Cardoso

-Denise Costa Millan Andere

-Rosemeire de Souza Gonçalves e Silva

__________________________

Conselho Tutelar Braz Cubas

-Georgia Patricia da Silva Mariano

-Roger Leandro Lucareski

-Cristiane Paloma de Azevedo Pereira

-Mirena Guariento Gonçalves

-Suzan Cristina Miranda de Macedo

__________________________

Conselho Tutelar Jundiapeba

-Leda Maria da Costa Abrantes

-Thaisy Regiane Ferreira Ferraz

-Anita Cristina Pereira Camilo

-Lúcia Cláudia da Silva Araújo

-Cristiane Paiva da Silva

__________________________