Nascido em Poá, morre em SP o ator, dublador e locutor Turíbio Ruiz, aos 89 anos

Ator era irmão do ex-vereador poaense Ramon Ruiz.

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Morreu na madrugada deste sábado (25/07) em São Paulo, vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) o ator, dublador e locutor Turíbio Ruíz, aos 89 anos. Nascido em 26 de Setembro de 1929, em Poá, no Alto Tietê – subregião leste da Grande São Paulo, participou de vários programas e novelas da Rede Globo.

Turíbio Ruiz morou até os 20 anos de idade em Poá e foi candidato a prefeito por uma vez e a vereador por duas vezes, porém nunca foi eleito. Era irmão do ex-vereador de Poá, Ramon Ruiz. Em sua vida pessoal, Turíbio foi casado duas vezes, primeiro com a atriz e também dubladora Lídia Costa, com a qual teve 3 filhos, e com Claudete, com quem teve 2 filhos.

De origem pobre e descendente direto de espanhóis, concluiu apenas os estudos primários em sua cidade natal, Poá. Começou sua vida ajudando o pai em sua banca na feira. Também foi engraxate e outros empregos mais, até chegar a trabalhar em um serviço de auto-falantes em Poá, e implantou o rádio-teatro nesse sistema, que pelo próprio Turíbio é considerado o primeiro lugar no mundo a fazer isso.

Turíbio iniciou sua carreira em Mogi das Cruzes, cidade da mesma região, na extinta Rádio Marabá, incentivado pelo seu pai, Ramón Ruiz Lopes, que foi o criador e diretor de um teatro amador de Poá, chamado “Corpo Cênico Independente”.

Turíbio Ruiz participava esporadicamente de peças desse teatro interpretando papeis pequenos, e começou assim a sua carreira de ator.

Turíbio formou um grupo teatral na recém emancipada Poá, no ano de 1949 (até 1948, Poá era distrito de Mogi das Cruzes), fazendo apresentações na divulgadora da cidade. Mais tarde ele fez um teste na extinta Rádio Piratininga da capital paulista e foi aprovado, ficando até se transferir para a Rádio Tupi.

Quando surgiu a televisão no Brasil, em 1950, ele participou da inauguração da TV Jornal do Commércio em Recife e da TV Excelsior, antigo canal 9 em São Paulo.

Encontrava-se afastado da vida artística desde 2010, mas na Globo e em outras emissoras (TV Tupi, TV Cultura, TV Rio, TV Excelsior, TV Paulista, TV Paranaense, TV Jornal do Comércio, TV Bandeirantes, TVS, SBT) participou de várias novelas Caminho das Índias, O Profeta, Marissol, Vale Tudo, A Grande Mentira, A Cabana do Pai Tomás, O Santo Mestiço, Redenção, entre outras), de séries como Primo Basílio, Ó Coitado, Meu Cunhado, e dos humorísticos Sai de Baixo, a Diarista e, nos anos 1.980, tinha espaço garantido no programa Os Trapalhões, ao lado de Renato Aragão, Dedé, Mussum e Zacharias.

Atuou também no teatro e no cinema.

Seu último papel na TV foi como o índio Ruriá, na novela Araguaia, em 2.010 (foto abaixo), ao lado de Juca de Oliveira e Cléo Pires.

Turíbio também foi dublador de vários filmes e séries famosas para televisão.

Ele será velado e sepultado no Cemitério Municipal de Poá.

Fotos: Divulgação