Homem que matou namorada a cotoveladas pega 18 anos de prisão

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Por ter matado a namorada Jacqueline Aparecida Lopes Moraes, de 19 anos, com uma cotovelada, em 11 de maio de 2018, em Jundiapeba, Mogi das Cruzes, Saael Sales Rocha, de 25 anos, foi condenado nesta sexta-feira (09/09) a 18 anos de prisão. O julgamento aconteceu no Fórum Criminal da cidade, localizado na Vila São Francisco, no Distrito de Braz Cubas.

Os jurados entenderam que Saeel cometeu homicídio triplamente qualificado, por motivo torpe, recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio.

O réu foi julgado por um juri popular, na sessão que começou às 13h25 e teve a leitura da sentença perto das 21 horas.

Tanto a acusação quanto a defesa disseram que vão recorrer da decisão. O advogado de acusação por achar que 18 anos foi pouco. A defesa para retirar do réu a condenação das qualificadoras. Oito testemunhas foram ouvidas. Durante o interrogatório, Saael admitiu que agrediu a namorada, mas negou que tivesse a intenção de matá-la.

RELEMBRE REPORTAGEM DE QUANDO SAAEL SE ENTREGOU À POLÍCIA

 

RELEMBRE REPORTAGEM DA RECORD TV SOBRE O CRIME