Na contramão, motorista morre na Ayrton, perto do acesso para Mogi

Com o choque, motorista morreu na hora,  no km 45 da Rodovia Ayrton Senna, próximo ao acesso a Mogi

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Um acidente por volta das 9h desta quarta-feira (04/09) no km 45 da Rodovia Ayrton Senna (SP-070), em Mogi das Cruzes, próximo à alça de acesso a Rodovia Pedro Eroles (SP-088), a Mogi-Dutra, deixou uma vítima fatal. O acidente causou um congestionamento muito grande para quem queria chegar à área urbana de Mogi (foto acima).

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, Anderson da Silva Rezende, de 41 anos, teria perdido o controle do carro, invadiu o canteiro central, que é gramado, foi para a pista contrária e bateu em outro veículo. Ele estava sozinho no carro e morreu na hora. No Renault Sandero, cinco pessoas ficaram feridas.

O motorista que morreu seguia pela pista sentido Mogi das Cruzes e Vale do Paraíba. As vítimas do outro veiculo na pista para São Paulo. Anderson conduzia um Fiat Uno, da empresa Tintas Palmares, e iria São José dos Campos.

Após a colisão, duas faixas à esquerda, na direção da Capital, foram bloqueadas e o tráfego,que já era intenso, ficou pior, com um grande congestionamento causado no local. Parte dos veículos que iam em direção a São Paulo foram desviados pelo acesso da Mogi-Dutra, em direção a Rodovia Presidente Dutra (BR-116), por Arujá. (fotos abaixo)

Segundo a Ecopistas, concessionária que administra a Ayrton Senna, por volta das 10h35, as duas faixas que haviam sido bloqueadas, na pista sentido São Paulo, por conta do acidente foram liberadas, no km 45.

O nome da vítima fatal ainda não foi divulgado. De acordo com a Polícia Rodoviária, duas vítimas foram socorridas para o Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, no Mogilar, em Mogi das Cruzes, e outras três para o Santa Marcelina, de Itaquaquecetuba.  O estado de saúde de cada uma delas não foi divulgado.

 

Foto do destaque, ao alto, recebida por WhatsApp

Fotos abaixo: Marcelo Campos / Divulgação