Mogi recebe mais 10 respiradores do Governo do Estado e amplia capacidade de atendimento

Equipamentos chegaram à cidade na noite de segunda-feira

 

DE MOGI DAS CRUZES – Na noite desta segunda-feira (08/06), Mogi das Cruzes recebeu mais 10 respiradores do Governo do Estado para ampliação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Municipal, em Braz Cubas,onde funciona o Centro de Referência do Coronavírus. Os novos equipamentos ampliam a capacidade de atendimento dos casos mais graves de Covid-19 e ainda colaboram para reduzir as taxas de ocupação na cidade.

Atualmente, há 166 pacientes internados em tratamento contra o novo Coronavírus, suspeitos ou confirmados, em todos os hospitais da cidade, públicos e privados, adultos e pediátricos. Deste total, 63 pacientes estão internados em leitos de terapia intensiva, o que representa 57% da capacidade total, que conta com 110 UTIs. Os outros 103 estão em enfermaria, ou seja, 31% do total de 326 leitos destinados aos casos menos graves da doença, incluindo adultos e crianças.

Assim como aconteceu na semana passada, quando o Governo do Estado enviou os primeiros 10 respiradores para Mogi das Cruzes, os novo equipamentos estão sendo montados por técnicos especializados e representantes da empresa fabricante. Com os novos respiradores, o Hospital Municipal passará a contar com 54 leitos de terapia intensiva e 25 leitos de enfermaria, além dos 50 leitos de enfermaria disponibilizados na primeira fase de atendimento no Hospital de Campanha, que poderá ser ampliado para até 200 vagas, dependendo da demanda.

“Esses 20 respiradores foram um compromisso do Governo do Estado para ajudar o nosso município no  aumento da capacidade hospitalar, trabalho essencial para que possamos evoluir de fase na quarentena com total segurança de atendimento aos pacientes que precisarem, sobretudo os casos mais graves. Todas as ações têm sido muito bem planejadas pelas equipes técnicas, sempre com o objetivo de salvar vidas”, explica o prefeito Marcus Melo.

Por enquanto, o município segue na faixa vermelha da quarentena e aguarda a análise do Governo do Estado sobre a reclassificação da cidade. A partir deste posicionamento, será possível definir os novos passos para a reabertura do comércio. Nas últimas semanas, a Prefeitura vem intensificando as conversas com entidades representativas do comércio para definir protocolos para quando for possível a reabertura, tendo como base as normativas estaduais.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes lembra, ainda, a importância do respeito ao comportamento de distanciamento social para o combate ao novo coronavírus. Assim, a recomendação permanece sendo para, sempre que possível, os mogianos fiquem em casa. Até segunda-feira (08/6), Mogi das Cruzes soma 1.330 casos confirmado de Covid-19 quais, infelizmente, 111 pacientes foram a óbito.

Foto: Ney Sarmento / PMMC