Alto Tietê: Mogi das Cruzes lidera em número de mortes no trânsito nos três primeiros meses de 2019

Segundo o Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito (Infosiga), cidade teve 23 mortes de janeiro a março de 2019

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Das 49 mortes no trânsito urbano e nas estradas das dez cidades do Alto Tietê, de janeiro a março de 2019, 23 foram registradas em Mogi das Cruzes. Os números fazem parte de levantamento feito pelo Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito (Infosiga), do  Movimento Paulista de Segurança no Trânsito e Governo do Estado de São Paulo, e estão disponíveis no link http://www.infosiga.sp.gov.br/Home/Relatorio

No mesmo período do ano passado, Mogi havia registrado 20 mortes no trânsito.

No total das dez cidades da região, as 49 vítimas fatais no primeiro trimestre deste ano representam um aumento de 16% na comparação com o mesmo período de 2018, quando houve 42 mortes.

No ranking regional dos três primeiros meses de 2019, Suzano aparece em segundo lugar, com 13 mortes e Poá, no último lugar, sem nenhuma vítima fatal no trânsito (veja quadro abaixo).

Os números específicos de Mogi das Cruzes foram discutidos no último dia 25 de abril, durante a primeira reunião deste ano do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizada na sede da Prefeitura. “As discussões dentro do Comitê de Segurança Viária são importantes para que haja uma troca de experiências e também para que possa ser feito um trabalho integrado buscando a diminuição no número de acidentes e mortes no trânsito. O principal objetivo é salvar vidas”, destacou o secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida. (relembre reportagem no fim deste texto)

Dados apenas de março

Já quando o mês de referência é março de 2019, em todas as dez cidades do Alto Tietê foram registradas 18 mortes no trânsito. Nesse mês, Suzano desponta na liderança regional com sete vítimas fatais. Itaquaquecetuba vem em segundo, com três mortes, enquanto que Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim e Santa Isabel aparecem na sequência, com duas mortes em cada município. Arujá e Salesópolis tiveram, cada, uma morte. Ferraz de Vasconcelos, Poá e Guararema não registraram vítimas fatais no trânsito em março deste ano.

Número de vítimas fatais no trânsito do Alto Tietê- Janeiro a Março de 2019

(por número de ocorrências)

Mogi das Cruzes – 23
Suzano – 13
Itaquaquecetuba – 4
Arujá: 2
Biritiba: 2
Santa Isabel: 2
Ferraz: 1
Guararema: 1
Salesópolis: 1
Poá: 0
Fonte: Infosiga

Raio-x das mortes no trânsito em Mogi (Jan a março 2019)

A maioria das mortes são de motociclistas (43,47%);

Homens (82,61%) e jovens entre 18 e 26 anos (34,78%);

Os acidentes com vítimas fatais acontecem principalmente à noite (20,08%) e nos finais de semana (52,17%).

_________________________

Raio-x das mortes no trânsito 10 cidades do Alto Tietê  (Jan a março 2019)

83% das vítimas fatais na região são do sexo masculino

17% do sexo feminino

57% eram condutores dos veículos envolvidos na ocorrência

 ________________

23 mortes ocorreram á noite

12 pela manhã

7 foram à tarde

5 pela madrugada

2 casos estão sem informação de período

19 mortes foram em decorrência de colisão de veículos

15 vítimas fatais por atropelamentos

11 mortes ocorreram por choques

4 mortes estão sem essa informação