Mogi: sistema de Mapeamento e Cadastros de Artistas fica fora do ar até a terça-feira, 25

Sistema passa por adequações e fica inativo pelos próximos quatro dias

 

DE MOGI DAS CRUZES – Entre este sábado (22/08) e a próxima terça-feira (25/08), o sistema de Mapeamento e Cadastro de Artistas e Profissionais de Arte e Cultura ficará fora do ar, para atualizações. A informação é da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Mogi das Cruzes.

De acordo com a Pasta, o objetivo é fazer adequações, em cumprimento às exigências da Lei Aldir Blanc, que é a nova lei de Auxílio Emergencial ao setor da cultura, criada pelo Governo Federal, em decorrência da pandemia da Covid-19.

O cadastramento é essencial para os artistas e espaços culturais que desejam receber o auxílio. O cadastro foi oficializado pela Lei 7.216/2016, do Sistema Municipal de Cultura.

A Lei Emergencial Aldir Blanc possibilitará à cidade receber mais de R$ 2,7 milhões para auxílio a profissionais da cultura e manutenção de espaços artísticos. A lei prevê repasse de R$ 600,00 a artistas e apoio mensal entre R$ 3 mil e R$ 10 mil a espaços culturais, que estão impedidos de realizar atividades presenciais, bem como recursos para editais de fomento a projetos culturais.