Mogi das Cruzes: divulgada lista de projetos aprovados no primeiro período do Profac

 

DE MOGI DAS CRUZES – A Secretaria Municipal de Cultura de Mogi das Cruzes divulgou nesta segunda-feira (17/06) a lista dos projetos contemplados nos editais números 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8 de 2019 do Programa Municipal de Fomento à Arte e Cultura (Profac). Ao todo, 19 projetos foram aprovados, sendo dois projetos de artes cênicas, dois projetos de dança, um projeto de artes visuais, dois projetos de cinema, três projetos de transversalidade cultural, quatro projetos de literatura e cinco projetos de mostras e festivais.

Clique aqui para ver a relação dos projetos aprovados

O prazo de cinco dias úteis passa a contar a partir desta segunda-feira para que os participantes do processo de seleção entrem com recursos, caso tenham alguma contestação com relação ao processo de julgamento dos editais. A Secretaria de Cultura e a Comissão de Análise de Projetos terão 15 dias para responder em caráter definitivo aos eventuais recursos e a decisão final será definitiva.

Após a fase de recursos, será feita a assinatura do Termo de Financiamento. Todo o procedimento para que o proponente receba e utilize o recurso, bem como prestação de contas dessa utilização, está regrado em edital.

Os contemplados precisam oferecer contrapartidas ao município, como acesso gratuito ou a preços populares de apresentações que venham a fazer, participações em ações e programas da Secretaria de Cultura, contribuição para a política de difusão cultural e priorização de atendimento à população menos assistida.

O Profac é um instrumento de fomento a produções, artistas e territórios culturais locais, que visa estimular o desenvolvimento econômico, a geração de emprego e renda e o acesso aos bens culturais no município. Ele nasceu a partir do Programa Diálogo Aberto, que evidenciou a demanda pela criação de uma ferramenta nesses moldes. O Programa de Fomento de Mogi das Cruzes foi aprovado, sob a Lei nº 7.222, de 3 de novembro de 2016.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4798-6900.

 

Os aprovados:

 

No edital de artes cênicas, foram aprovados os projetos “Alegria Não Para” para a modalidade espetáculo de artes cênicas de rua, e “Teatrando”, na modalidade espetáculo de artes cênicas infantil. Cada um deles terá direito ao repasse de até R$ 20 mil para a execução dos respectivos projetos.

No segmento de dança, foram contemplados “A(MOR)TE” para circulação de espetáculo, e “Imigra – Um Conto Descrito no Corpo” na modalidade produção. Ambos terão direito a R$ 10 mil cada.

Já do edital de artes visuais, apenas um projeto foi contemplado para exposição individual. O projeto “Encantos de Liberdade” receberá até R$ 5 mil.

“Olhar Ingênuo” e “Griot do Samba” são os projetos aprovados no edital de cinema, vídeo e multimeios. A eles, serão destinados recurso máximo de R$ 10 mil cada.

Os contemplados nas áreas de artes integradas, economia criativa e/ou cultura popular pelo edital de Transversalidade Cultural são “Carmem Poema – Um Manifesto sobre a Paixão”, “Gira a Saia Coreira” e “Capoeira é pra Homem, Menino e Mulher”. Caberá a cada R$ 10 mil.

O edital de literatura e publicações contempla quatro projetos com recursos de R$ 5 mil cada, são eles: “Imperador Kot e Seu Sonho de Voar”, “Azia d(á) Poesia – Minúsculas Vociferações Argonáuticas Acerca do Nada Absolutamente Inquietante”, “A Busca de Luna: O Cativeiro do Ansioso é Dentro de Si Mesmo”, e “O Cosmo em Dois Movimentos”.

No segmento de mostras e festivais, foram aprovados “Cia. Radiophônica 30 Anos – Repertório em Mostra”, “Encontro de Palhaços de Mogi das Cruzes: Edição A Graça da Rua”, “Festival Dezindie – 11ª Edição”, “I Risamor, Encontro Internacional de Palhaços Educadores de Mogi Das Cruzes” e “1ª Mostra de Música de Câmara”. Cada um pode receber até R$ 25 mil.