Mogi Basquete perde para Franca e se classifica em 3º para a próxima fase do Paulista

Time agora terá de sete a dez dias para treinar para o quadrangular final

 

DE FRANCA – O Mogi das Cruzes Basquete foi superado pelo Franca por 98 a 80 na noite desta quinta-feira (22/10), no Ginásio do Sesi, no interior do Estado, pelo Campeonato Paulista. Com a derrota, os mogianos ficam na terceira posição da Chave A e disputam a próxima fase com outros três times em um quadrangular na Chave D. Os francanos fecharam em segundo, atrás do Bauru. A Liga Sorocabana terminou na quarta posição no grupo.

O Franca foi superior durante boa parte da partida, vencendo os três primeiros períodos, com parciais de 24 a 12 (1º), 28 a 27 (2º) e 27 a 15 (3º). O Mogi Basquete conseguiu diminuir a diferença no placar no último quarto (26 a 19), mas não foi suficiente para uma reação.

“Foi um jogo que a equipe de Franca dominou, principalmente a primeira etapa. A nossa equipe não conseguiu se impor nem na defesa, nem no ataque. Não conseguimos uma produção individual, nem coletiva. No segundo tempo, fizemos uma partida de igual para igual. Ajustamos algumas coisas e a equipe começou a, apesar do placar dilatado, mostrar mais interesse pelas bolas divididas e outras situações. Terminamos o placar com uma diferença de 18 pontos, mas poderíamos ter terminado com menos”, adverte o técnico Guerrinha.

Os destaques da partida foram o armador Fúlvio Chiantia, com nove assistências e um dos cestinhas da equipe junto com o ala Dominique Coleman, com 16 pontos, o armador Cassiano Bueno, com 13 pontos e sete rebotes, o ala Guilherme Lessa, com 12, e o ala-pivô Wesley Castro, com 11 pontos. Com 18 pontos, Lucas Dias, do Franca, foi o maior pontuador do jogo.

“Agora teremos de uma semana a 10 dias para treinar e vamos para o quadrangular final jogar contra adversários fortíssimos, como São Paulo e Paulistano, e tentar surpreender pelo menos em um desses jogos para chegar ao quadrangular final”, finaliza o treinador.

 

Próxima fase

Quatro times de cada chave se classificam para as C e D, que serão disputadas em quadrangular de turno único em uma sede. As duas primeiras colocadas de cada chave se enfrentam em sistema de cruzamento olímpico (1C X 2D, 1D X 2C / perdedor x perdedor, vencedor x vencedor).

Foto: Marcos Limonti/Sesi Franca