Marginal do Una recebe serviços para captação de águas pluviais

 

DE SUZANO – Os trabalhos na Avenida Governador Mario Covas Júnior, a Marginal do Una, seguem nesta semana com o início de uma nova fase. Trata-se dos serviços de captação e drenagem de águas pluviais da Vila Amorim e adjacências, por meio de uma intervenção temporária no cruzamento com a Rua Expedicionário Emílio Rodrigues da Silva, sentido do viaduto Leon Feffer. A expectativa é de que a ação seja concluída em sete dias, além do período de recuperação do trecho. Neste intervalo, o trânsito na via será desviado em dois pontos.

O prefeito de Suzano em exercício Walmir Pinto visitou o local nesta quarta-feira (09/10) ao lado de membros da Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos e da Unidade de Planejamento e Assuntos Estratégicos (Upae). Na oportunidade, ele reforçou a importância do trabalho. “Este é um serviço necessário e benéfico à comunidade do entorno, uma vez que cria mais um canal para dar vazão às águas pluviais da região, evitando assim alagamentos. Peço a compreensão dos moradores e usuários da via neste período de intervenções”, disse.

A ação faz parte do plano de revitalização da avenida, executado pela Renov Pavimentação e Construções Ltda., e compreende a instalação de 18 tubos de concreto armado, com 1,5 metro de diâmetro, em uma área de cerca de 30 metros. Para isso, o trânsito local será desviado em dois pontos. Na praça do Sol Nascente, os caminhões devem seguir sentido avenida Antônio Marques Figueira. Já os veículos menores sofrem desvio na rua Hiyouki Koyama, seguindo pela rua Gastão Vidigal e retomando a Marginal do Una por meio da rua Carl William Cooper.

Vale lembrar que os eventuais contratempos causados pelos desvios temporários serão absorvidos ao longa da conclusão dos serviços na área. O trabalho de revitalização da via, sobretudo no sentido Rodovia Índio Tibiriçá (SP-31), segue o cronograma para o fim deste ano. O trecho mencionado, inclusive, já recebeu infraestrutura de guias e sarjetas, focando na finalização da troca de solo em alguns pontos. Os próximos passos incluem a compactação de materiais para dar início aos serviços de pavimentação.

Fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano