Jovem com drogas na vagina tentava entrar no CDP de Mogi

Quase todo finaL de semana há mulheres tentando entrar com drogas nos CDPs de Mogi e de Suzano

DO CORREIO INDEPENDENTE – Uma visitante, de 18 anos, foi barrada ao tentar entrar com entorpecentes e materiais ilícitos no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Mogi das Cruzes, que fica no distrito industrial do Taboão. A apreensão, feita por agentes da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), órgão do governo estadual, aconteceu no sábado (4/08), e a mulher é companheira de um preso da unidade.

Por meio do procedimento de revista pelo body scanner – nomenclatura em inglês para escaner corporal, os agentes de segurança observaram um objeto estranho na região pélvica da jovem. Questionada, a suspeita negou carregar ilícitos, e então foi encaminhada ao Pronto Socorro Municipal. Após exames, foi confirmado que a visitante trazia um invólucro dentro da vagina – ao todo, foram apreendidos 24 gramas de maconha, 111 gramas de cocaína em pasta, dois pedaços de cola quente em bastão e 23 comprimidos de substância não identificada.

A mulher e o material apreendido foram encaminhados para a Delegacia de Polícia, onde foi lavrado o Boletim de Ocorrência. A jovem também teve seu nome suspenso do rol de visitas da SAP. A direção do CDP de Mogi das Cruzes enviou comunicado para a Vara de Execuções Criminais, além de instaurar UM PDA, que é o Procedimento Disciplinar Apuratório.

Foto: Secretaria de Administração Penitenciária / Divulgação