Instituto de Nefrologia entrega ampliação com 72 novas vagas de hemodiálise

 

DE MOGI DAS CRUZES – Foi entregue, na tarde desta quinta-feira (05/12) a expansão da Clínica de Hemodiálise do Instituto de Nefrologia de Mogi das Cruzes, no Alto do Ipiranga. O novo espaço permitiu a criação de 72 novas vagas, das quais 60 serão destinadas para paciente do SUS – Sistema Único de Saúde. O prefeito Marcus Melo e o secretário municipal de Saúde, Francisco Bezerra, participaram da cerimônia.

As novas vagas devem ser absorvidas preferencialmente por pacientes mogianos para minimizar o desgaste causado pelo deslocamento para tratamento em outras cidades. Atualmente, o Setor de Ambulâncias da Prefeitura de Mogi das Cruzes realiza o transporte de 59 pacientes mogianos para hemodiálise em outros municípios.

“Fico muito feliz em poder participar desse importante momento para a saúde da nossa região. Parabéns ao Instituto e à Diaverum pelo investimento porque só quem passa por esse tipo de tratamento sabe as dificuldades que enfrenta. Tenham a certeza de que sempre estaremos trabalhando em conjunto para oferecer o melhor atendimento possível aos pacientes”, afirmou o prefeito, acompanhado da presidente do Fundo Social, Karin Melo.

A diretora do Instituto de Nefrologia de Mogi das Cruzes, Silvana Kesrouani (foto acima), fez um discurso emocionado ao relembrar toda a história de implantação do serviço, que começou em Suzano em 1990. “Hoje é um dia de muita emoção. É impossível estar aqui e não lembrar em tudo o que vivemos”, afirmou. Segundo ela, a chegada da Diaverum, em 2018, possibilitou a ampliação e os novos investimentos no serviço.

No final de 2018, o Instituto de Nefrologia foi adquirido pela empresa sueca Diaverum, uma das líderes globais em cuidados renais, e o grupo reafirmou o compromisso de aumentar a qualidade de vida no atendimento aos pacientes. “Nossa missão e principal propósito é prestar um serviço diferenciado e de qualidade para oferecer acolhimento e qualidade de vida aos nossos pacientes”, afirmou o CEO da Diaverum, Dimitris Moulavasilis, traduzido pelo diretor geral da unidade brasileira, Rafael Romanini.

 

Convênio

O Instituto de Nefrologia é responsável pelo atendimento de pacientes renais crônicos com consultas com especialistas e sessões de hemodiálise. O convênio é firmado diretamente entre o Governo do Estado e Instituto de Nefrologia e vagas são reguladas pela DRS-1. A hemodiálise substitui a função dos rins em portadores de doença renal crônica avançada e cada sessão dura de 2 a 4 horas.

O prefeito Marcus Melo e o CEO da Diaverum, Dimitris Moulavasilis na visita às novas instalações oto: Foto: Ney Sarmento/PMMC