Guarda Municipal de Mogi orienta sobre uso de máscaras de proteção

Viaturas percorrem bairros da cidade com avisos sonoros

 

DE MOGI DAS CRUZES – A Guarda Municipal de Mogi das Cruzes está realizando um trabalho de orientação sobre a necessidade de uso de máscaras de proteção facial, que são obrigatórias em todo o Estado de São Paulo. Viaturas da corporação estão circulando por Mogi das Cruzes com mensagens sonoras alertando os moradores e ações específicas estão sendo feitas em vias de grande movimentação na cidade.

O trabalho com as viaturas está sendo realizado em bairros de toda a cidade, além da região central. As mensagens são passadas à população por meio do sistema de som dos veículos, ou seja, as sirenes. Já as operações são realizadas em ruas e avenidas, com a participação de guardas municipais que fazem as orientações e distribuem material informativo.

A utilização de máscaras de proteção é recomendada pelas autoridades de saúde como forma efetiva de combater a disseminação do novo Coronavírus e a pandemia de Covid-19. Como os equipamentos cirúrgicos devem ser utilizados por profissionais da saúde e pessoas com sintomas, é recomendada para população que não tenha apresentado sintomas a utilização de máscaras caseiras, feitas de pano e laváveis. O uso é obrigatório em todo o Estado de São Paulo desde o dia 7 de maio.

De acordo com os especialistas, as máscaras devem cobrir o nariz e a boca para ter eficácia e diminuir a chance de contaminação. Também é fundamental que sejam obedecidas as normas de higiene pessoal e os cuidados para a colocação, retirada e limpeza das máscaras.

Além da orientação à população, funcionários do Departamento de Fiscalização de Posturas e da Vigilância Sanitária Municipal estão percorrendo estabelecimentos comerciais da cidade e entregando notificações prévias com as normas a serem seguidas. Até aqui, 274 estabelecimentos já receberam a notificação orientativa.

Após esta primeira visita, caso sejam flagradas pessoas sem máscaras, os estabelecimentos estão sujeitos a penalização, que começa com advertência e pode se transformar em multas, com valores que variam entre R$ 305,59 e R$ 307.569,36. A definição da penalidade será feita de acordo com cada situação, que poderá ser caracterizada como leve, moderada ou grave.

Denúncias podem ser feitas pelo telefone 153, da Ciemp, que funciona 24 horas por dia.

_____________

REVEJA REPORTAGENS DE COMO FAZER MÁSCARAS CASEIRAS