Bombeiros ganham 56 novas viaturas da frota de Resgate, 2 para a região

 

DE SÃO PAULO – O Governador João Doria e os Secretários da Segurança Pública, General João Camilo Pires de Campos, e da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, entregaram, na manhã desta quarta-feira (20/03), 56 novas viaturas para modernizar a frota e reforçar o trabalho do Sistema de Resgate do Estado de São Paulo, composto pelo Corpo de Bombeiros, pelo Grupo de Resgate (Grau) e pelo Comando de Aviação da Polícia Militar de São Paulo.

“Nós temos uma oportunidade que está materializada nos 56 veículos que estão aqui, veículos de resgate e salvamento, dos quais 50 viaturas vão atender a todas as regiões do Estado de São Paulo e seis viaturas de salvamento aquático”, disse Doria.

Duas dessas novas viaturas virão para o Alto Tietê – região com dez cidades que ocupa a porção leste da Grande São Paulo. Os municípios beneficiados serão Itaquaquecetuba e Suzano.

Para a entrega dos veículos, o Estado investiu R$ 16,9 milhões, sendo R$ 1,3 milhão pela Secretaria da Segurança Pública, para a aquisição de seis Unidades de Resgate e Salvamento Aquático (URSA), e R$ 15,6 milhões pela Secretaria da Saúde, para a compra de 60 viaturas de Unidade de Resgate (UR), das quais 50 já estão disponíveis e outras 10 serão entregues até o fim do primeiro semestre de 2019.

“Segurança Pública é uma política que não se faz por si própria, ela é uma matriz em que entram outros componentes, como a Secretaria da Saúde, da Educação, de Justiça e de Desenvolvimento Social. Crescemos juntos e quem ganha com isso é a população”, afirmou Campos.

As 56 novas viaturas entregues nesta quarta serão distribuídas regionalmente. Nove serão para a Capital, nove para a Grande São Paulo, oito para o Litoral Norte e Sul e 30 para o interior do Estado. A distribuição das demais viaturas será definida posteriormente.

“Somos parceiros em uma missão comum de proteger e salvar vida. Ultimamente, tivemos algumas oportunidades de atuar juntos, principalmente em Brumadinho e no massacre de Suzano”, disse Germann.

A Secretaria da Saúde adquiriu viaturas dos modelos Sprinter (Mercedes Benz), que serão utilizadas no trabalho terrestre do Resgate. Os outros dez veículos – seis Unidades de Suporte Avançado, dois caminhões do tipo rollon/rolloff, uma van e uma picape – serão usados em casos mais graves e no transporte de medicamentos, alimentos, roupas, barracas e outros materiais, bem como dos profissionais.

 

Brigadas Comunitárias

Na ocasião, o Corpo de Bombeiros assinou uma portaria que cria o Programa de Cooperação de Bombeiros Públicos Voluntários (BPV) na Primeira Resposta às Emergências. A medida visa expandir os serviços dos bombeiros em cidades de até 50 mil habitantes, mediante celebração de convênio entre Estado e Municípios para a criação de Brigadas Comunitárias.

Com isso, os bombeiros voluntários devidamente credenciados poderão ser empregados em emergências que envolvam ações de combate a incêndios, busca, salvamento e resgate de acidentados, de acordo com as instruções da portaria e o comando de um bombeiro militar comunitário. Ao todo, 440 municípios paulistas poderão se habilitar no programa.

 

Tragédia de Brumadinho e título de Bombeiro Honorário

Durante o evento, também ocorreu a entrega da bandeira do Estado de São Paulo, hasteada pelo Corpo de Bombeiros do Estado e também pelo Grau no período em que seus profissionais estiveram em Brumadinho (MG). Ao todo, 169 bombeiros paulistas, além de oito médicos e oito enfermeiros do Grau, foram enviados ao local para auxiliar nas ações de resgate e emergências após o rompimento da barragem de uma mineradora.

O Governador e o Secretário da Segurança Pública receberam, ainda, títulos de Bombeiro Honorário. Instituída pelo decreto 44.160, de 1° de dezembro de 1964, a homenagem é feita às pessoas que se dedicam ao desenvolvimento da extinção e prevenção de incêndios e salvamentos e prestam relevantes serviços ao Corpo de Bombeiros.

 

Prêmio Magirus

Durante a cerimônia, houve ainda a exposição do troféu e do quadro do prêmio internacional “Conrad Dietrich Magirus”, da Magirus. A premiação, em que o Corpo de Bombeiros de São Paulo saiu vencedor, aconteceu no dia 1° de março e teve como objetivo condecorar os destaques mundiais nos esforços de corporações de bombeiros de 2018. Na ocasião, o trabalho da instituição no incêndio do edifício Wilton Paes de Almeida, em maio do ano passado, foi apontado como o melhor atendimento de ocorrências. A ação, que empenhou 1.700 profissionais, foi considerada uma das mais difíceis e perigosas efetuadas por uma equipe de Bombeiros em todo o mundo.

 

FOTO – Na foto acima, a cerimônia que marca regulamentação dos Bombeiros Voluntários e entrega de 50 viaturas de resgate e 6 de salvamento aquático; Governador João Doria e Secretário da Segurança Pública, General João Camilo Pires de Campos, recebem outorga do título de “Bombeiro Honorário”