SP autoriza abertura de concurso para 5,4 mil novos soldados da Polícia Militar

 

DE SÃO PAULO – O governador João Doria autorizou, nesta sexta-feira (29/03), a abertura de concursos para a contratação de 5,4 mil soldados de 2ª classe para a Polícia Militar. A medida será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE). “A Polícia Militar de São Paulo é reconhecida, historicamente, como a melhor do país e aguardava ansiosamente pela oportunidade de fazer a convocação destes futuros soldados”, afirmou o governador.

O objetivo é programar a reposição do efetivo por meio de um planejamento dos próximos anos. Foram autorizados dois concursos para selecionar 2.700 soldados cada, previstos para maio e novembro de 2020.

O soldado atua diretamente nas ruas, nos diversos programas de patrulhamento preventivo e ostensivo. A remuneração inicial é de R$ 3.143,70, já com o adicional de insalubridade (R$ 691,64).

Sobre o curso de formação

A formação do soldado no Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública, na Escola Superior de Soldados (ESSd), tem um ano de duração com mais de 1.500 horas de aulas.

São 49 disciplinas dos módulos básico e específico, entre elas Direitos Humanos, Criminalística, Tiro Defensivo pela Preservação da Vida, Defesa Pessoal, Inteligência Policial, Medicina Legal e Doutrina de Polícia Comunitária. “O treinamento é levado muito a sério dentro da PM em todas as escolas de formação, na pós-graduação e também nos mais de 300 estágios continuados de aperfeiçoamento que ela promove”, afirmou o coronel Camilo, Secretário-Executivo da Polícia Militar.

 

Reforço no efetivo

No dia 15 março o Governo anunciou a nomeação de 590 soldados de 2° classe remanescentes de concurso anterior. Ainda há concursos em andamento para o preenchimento de 5,4 mil para soldados e 270 para alunos-oficiais.