Festival Feminino de Tênis de Campo movimenta o Ginásio de Esportes de Poá no fim de semana

 

DE POÁ – Foi disputado no sábado (11/05) o 1º Festival Feminino de Tênis de Campo, realizado pela Prefeitura de Poá, por meio de parceria entre as secretarias de Esportes e da Mulher e do Grupo Poá Open de Tênis. A disputa aconteceu nas quadras poliesportivas anexas do Ginásio de Esportes (Vila Áurea) e além da competição, a atividade contou com várias ações como exames, palestras e orientações sobre a saúde da mulher e ações preventivas contra doenças.

Segundo o secretário de Esportes, Luiz Antonio Soares de Oliveira, o Tonho de Calmon, o festival além de possibilitar a prática esportiva, ofereceu a oportunidade para que as atletas, assim como o público presente, pudessem realizar exames preventivos. “O objetivo do evento foi fazer a junção de duas áreas importantes para a melhor qualidade de vida das poaenses”.

A secretária da Mulher, Jeruza Lisboa Pacheco Reis, também comentou a importância do evento. “O festival foi mais uma opção para que as mulheres poaenses pudessem realizar atividades voltadas à saúde e ao esporte. Contamos com exames e esclarecimentos para a prevenção de várias doenças, e as partidas de tênis”.

Mulher

Além do torneio de tênis, as mulheres contarão no dia 13 de maio com o Dia da Beleza e no dia 15 de maio com a tarde de autógrafos com a psicóloga, psicopedagoga e neuropsicóloga Luciana Garcia.

O evento desta segunda-feira, na Secretaria da Mulher (Rua Fernando Pinheiro Franco, 141), contará com profissionais para oferecer discas de maquiagem, limpeza de pele, micropigmentação de auréola para mulheres mastectomizadas, orientações sobre o uso de lenços, entre muitas outras atividades.

“O público feminino que comparecer na secretaria ganhará uma maquiagem feita por profissionais da área da beleza. Será uma grande oportunidade para quem precisa desses serviços, que serão ofertados de forma gratuita. Também participarão da atividade os especialistas em micropigmentação para reconstrução da auréola da mama. Durante o evento as pessoas também poderão realizar doações de cabelos para ONG Cabelegria e o Banco de Perucas, instalado no município, e que oferece perucas a pacientes de todas as idades que estão em tratamento de câncer”, explicou Jeruza Reis.

Já no dia 15 de maio, psicóloga, psicopedagoga e neuropsicóloga Luciana Garcia realizará uma tarde de autógrafos, na Secretaria da Mulher, do livro “Autismo – Práticas e Intervenções”, que foi lançado recentemente. A profissional é uma das mais respeitadas estudiosas do assunto da Região Metropolitana de São Paulo. O livro conta com a participação de psiquiatras, nutricionistas, educadores físicos, nutrólogos, fonoaudiólogos, psicomotricistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicopedagogos, pedagogos, psicólogos, além da mãe de um autista.

A psicóloga, que atualmente cursa doutorado em Neurologia Infantil, no Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), explica que o livro também foi concebido em razão da necessidade de se esclarecer à sociedade que o Autismo, na condição de transtorno resultante de uma alteração genética, não tem cura, mas que é possível ter os sintomas controlados e minimizados por meio de tratamento específico.

Foto: Flávio Aquino/Departamento de Comunicação de Poá