Fábrica de artigos para motociclistas é totalmente destruída pelo fogo na Avenida Francisco Rodrigues Filho, em César de Souza

Fábrica de roupas e produtos para motociclistas pegou fogo no final da noite de terça, 2. Bombeiros atenderam a ocorrência com 19 viaturas

DE MOGI DAS CRUZES – Um incêndio atingiu uma fábrica de roupas e artigos em geral para motociclistas, na Avenida Francisco Rodrigues Filho, no trecho de César de Souza, em Mogi das Cruzes, no final da noite desta terça-feira (02/04). O fogo só foi controlado às 4h40 da madrugada desta quarta-feira (03/04). Não houve feridos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o galpão da empresa ASW Racing, que fabrica roupas e artigos em geral para motociclistas, fica na Avenida Francisco Rodrigues Filho, 4.768, em César, próximo da rotatória que dá acesso ao trecho inicial da Via Perimetral, para o Rodeio.

Dezenove viaturas foram utilizadas no combate às chamas, combate, e pela madrugada, já com boa parte do incidente controlado, permaneceram 12, além de viaturas da Polícia Militar. Apoiaram a ocorrência, também, viaturas do Corpo de Bombeiros de Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba e Guarulhos.

Parte de trás do prédio, de dois andares e mais de 9 mil metros quadrados, desabou, mas toda a estrutura foi comprometida. As paredes em frente à Avenida Francisco Rodrigues Filho permaneceram de pé, mas também comprometidas pela ação do fogo, e ficaram com as marcas do incêndio. De acordo com os bombeiros, o lado esquerdo do prédio e o piso do segundo andar podem desabar.

Pelas fotos é possível ver que toda a estrutura metálica do telhado da fábrica ficou retorcida em razão da ação do fogo, e provavelmente terá que ser demolida.

Fogo destruiu completamente a fábrica e chamas tomaram conta de todo o prédio – Foto: Caio Marques / Divulgação

Nesta quarta-feira (04/03), a Defesa Civil de Mogi irá fazer uma vistoria no local e analisar as condições do que o pouco que restou. Por ser uma confecção, a empresa armazenava tecidos e muito material inflamável e de fácil combustão. Tanto a Defesa Civil Estadual, como a Defesa Civil de Mogi, deram apoio à ocorrência.

Segundo os Bombeiros, como o galpão  estava fechado, houve muitas dificuldades de acesso, mas eles salientam que o que sobrou da estrutura está em colapso. Ainda pela manhã, a pista da Avenida Francisco Rodrigues Filho, em direção a Boturuju e Guararema, permaneceu fechado ao trânsito de veículos, em razão de viaturas dos Bombeiros estarem posicionadas para combater o incêndio no local.

Ao todo, 19 viaturas dos Bombeiros de Mogi, Itaquá, Ferraz e Guarulhos, atenderam o incêndio, que começou na noite de terça – Foto Felipe Antonelli / Divulgação

O tenente Myatake, comandante do 17º Grupamento de Bombeiros de Mogi das Cruzes, com sede no Shangai, disse na manhã desta quarta-feira que ainda não é possível saber a origem do incêndio e somente a perícia é que apontara as causas. “Às 7h30 foi feita a troca de turno das nossas equipes, e permaneceram no local apenas as viaturas e bombeiros dos postos do Shangai e Braz Cubas, que segue no trabalho de rescaldo”.

Os Bombeiros, ainda pela manhã, eliminavam pequenos focos de incêndio, em razão do material altamente inflamável dentro da empresa.  “Estamos ainda analisando a estrutura do local, bastante comprometida”, disse.

Avenida ficou interditada durante o trabalho dos Bombeiros. Secretaria de Transportes desviou o trânsito. Foto Felipe Antonelli/Divulgação

 

Uma das únicas paredes da fábrica a ficarem de pé foi a da fachada, mas segundo os Bombeiros também está comprometida – Foto Felipe Antonelli/Divulgação
De acordo com o catálogo, disponível na internet, a ASW trabalha com capacetes, óculos, jaquetas, calças, bermudas, conjuntos, luvas, sapatilhas, proteções, bolsas, caramanholas, protetores de guidão, chaveiros, bonés, camisetas e todo tipo de acessório para motociclistas. Todo essa material é altamente inflamável.
No vídeo abaixo, enviado por um internauta, mostra as chamas destruindo a empresa.

 

Na foto no alto, em destaque, feita por Donizette de Fátima (divulgação), mostra estrutura metálica do telhado da indústria ASW ficou totalmente retorcida em razão da ação do fogo