Escola de Governo e Gestão faz 5 anos e tem programação especial

 

DE MOGI DAS CRUZES – A Escola de Governo e Gestão realizou na segunda-feira (09/09), nos períodos da manhã e tarde, os eventos da sua programação especial de cinco anos. Ao todo, nove atividades foram realizadas em diversos horários e elas abriram uma nova temporada de capacitações, focada em inovação e comportamento empreendedor.

O intuito da nova temporada na Escola de Governo, com os cursos voltados à inovação e comportamento empreendedor, é trazer à tona os prêmios conquistados neste ano pela cidade e pelo prefeito Marcus Melo relacionados ao tema. Os prêmios foram o InovaCidade 2019 e o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, pelos projetos da Sala do Empreendedor e do Polo Digital.

O tema escolhido foi “Inovação, Smart Cities e Escola de Governo: uma nova era na Prefeitura de Mogi das Cruzes” e as oficinas oferecidas foram de Aplicação de Reiki, Quick Massage, Vivências de Mindfulness, Auto Maquiagem Criativa, Danças Circulares, Inteligência Financeira, Jogos Cooperativos, Yoga do Bem e um Lab de Autoconhecimento.

“É com grande felicidade que completamos o quinto ano da nossa Escola de Governo. Ela que tem sido de grande referência em todo estado de São Paulo, recebendo visitas de grandes cidades que vêm conhecer nossa metodologia de trabalho”, afirma o  secretário municipal de Gestão, Marcos Regueiro.

 

História

Inaugurada em setembro de 2014, a Escola de Governo e Gestão tem como objetivo promover a qualificação e o aprimoramento profissional de servidores públicos municipais, membros de conselhos municipais e organizações sociais parceiras. Desde sua inauguração, oferece cursos e capacitações para este público, contribuindo para a formação dos agentes e a melhoria dos serviços prestados à população.

“A qualificação dos servidores é fundamental para que os mogianos tenham serviços cada vez melhores. O mundo evolui muito rapidamente e temos que acompanhar essa evolução, capacitando os funcionários e trazendo o que há de mais novo e moderno em gestão”, explica Regueiro, que acompanhou a Escola de Governo desde a elaboração do projeto, até a construção e a gestão dos cursos.

Erguido ao lado do Centro Municipal de Formação Pedagógica (Cemforpe), o prédio da Escola de Governo possui piso térreo e um pavimento superior, por onde estão distribuídas salas de aula, miniauditório, laboratório de informática, espaço multifuncional, área administrativa, espaço para seminários e banco de livros, almoxarifado, copa e banheiros.

O hall de entrada também é usado como um espaço para exposições artísticas, em interface com a Secretaria Municipal de Cultura.

Foto: Divulgação