Embarque de ciclistas em trens da CPTM mais que triplica em 10 anos

 

DE SÃO PAULO – No Dia Nacional do Ciclista, celebrado nesta segunda-feira (19/08), a CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) comemora o aumento das bicicletas transportadas no sistema, na última década. De janeiro a julho de 2009, foram 13.198 embarques de magrelas nos trens. No mesmo período deste ano, os números saltaram para 57.083. As linha 9-Esmeralda, com 17.025 embarques, e 10-Turquesa, com 14.991, lideram o ranking respectivamente.

As duas linhas que servem Mogi das Cruzes e outras cidades do Alto Tietê (na porção leste da Grande São Paulo), a 11-Coral (Luz a Estudantes) e 12-Safira (Brás a Calmon Viana) foram registrados 14.450 embarques no seis primeiros meses de 2019, ocupando, respectivamente, o terceiro e quarto lugar no ranking (veja mais abaixo).

No primeiro semestre deste ano, 57.083 ciclistas embarcaram nas sete linhas da CPTM. Além da popularização do uso das bikes como meio de transporte, outro motivo para atrair os ciclistas para o sistema foi a liberação das magrelas nos trens durante a semana após as 20h30, a partir de agosto de 2015.

Confira o ranking das linhas que mais receberam bicicletas, no 1º semestre deste ano

 

Desde 2007, a medida é válida aos finais de semana, a partir das 14h de sábado até o encerramento da operação no domingo, e aos feriados durante todo o dia. A CPTM permite 4 bicicletas por viagem, embarcadas no último carro de cada trem. As regras de uso e regulamento estão disponíveis no site cptm.sp.gov.br.