Ecopontos têm horário ampliado e vão funcionar das 6h30 às 18h30

Ampliação do horário nos três Ecopontos foi uma determinação da Prefeitura de Mogi das Cruzes

 

DE MOGI DAS CRUZES – A Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, ampliou em duas horas o funcionamento das três unidades do ecoponto (Jardim Armênia, Parque Olímpico e Jundiapeba). A partir deste sábado (16/05), o atendimento passa a ser das 6h30 às 18h30, e não mais das 8h às 18h. O objetivo é aumentar a possibilidade de descarte de materiais recicláveis e, consequentemente, a coleta seletiva na cidade.

“Sempre enfatizamos a importância de os moradores procurarem os ecopontos para descartar corretamente os resíduos recicláveis. Por isso, tomamos essa iniciativa de ampliar o atendimento, para que mais pessoas façam o depósito correto de materiais e evitem descartá-los de forma inadequada em margem de córregos, em terrenos baldios, ruas ou praças, ocasionando uma série de problemas”, afirma o secretário Daniel Teixeira de Lima.

Os Ecopontos recebem grande volume de resíduos de construção civil e demolição (entulho), restos de madeira, poda de árvores, pneus, móveis velhos, colchões, pilhas, baterias, resíduos metálicos, óleo de cozinha usado, plásticos etc. As unidades atendem apenas os cidadãos, com limite de um metro cúbico por pessoa – as empresas são responsáveis pela destinação de seus resíduos.

Em média, as três unidades recebem 400 toneladas de resíduos por mês.

Com a Usina de Triagem da Vila São Francisco sem receber o material do programa Recicla + Mogi desde o dia 21 de março, devido à pandemia de Covid-19, os catadores da Cooperativa Cata Sampa foram deslocados para os ecopontos – trabalho que assegura a eles a manutenção da renda.

Também devido ao novo Coronavírus, a equipe atua com máscaras e luvas e todo material é esterilizado com uma mistura de água sanitária dissolvida em água.

Os ecopontos fazem parte de toda uma estrutura de coleta seletiva existente na cidade. O Programa Recicla + Mogi, por exemplo, foi implantado em Mogi das Cruzes em 2013 e assegurou o aumento gradativo do volume de materiais reciclados, passando de 0,5% no início do projeto para 5% a 6%, atualmente.

Além disso, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos mantém o Cata-Tranqueira, que percorre semanalmente regiões específicas da cidade, recolhendo materiais sem uso pela população. A iniciativa assegura a destinação correta desses objetos, evitando descartes em terrenos e córregos, por exemplo.

 

   Veja onde ficam os três Ecopontos de Mogi

Ecoponto Jardim Armênia: Rua Júlio Perotti, 56 (ao lado da Secretaria de Serviços Urbanos)

Ecoponto Parque Olímpico: Avenida Prefeito Maurílio de Souza Leite Filho, s/nº (esquina com a Rua Archinides Carlos Muford)

Ecoponto Jundiapeba: rua Manoel Fernandes, 44 (esquina com a Avenida João de Souza Franco)

 

Foto: Ney Sarmento / PMMC