Dia D de Vacinação contra Paralisia Infantil e Multivacinação será neste sábado, 17

Veja quais postos de saúde de Mogi das Cruzes neste abrem sábado. Pólio para de 1 a 5 anos e Multivacinação entre 0 e 14 anos de idade

 

DE MOGI DAS CRUZES * – Neste sábado (17/10), Dia D da Campanha Nacional de Vacinação de Poliomielite e Multivacinação, a Secretaria Municipal de Saúde de Mogi das Cruzes terá 19 unidades de saúde abertas (veja lista abaixo) para oferecer facilidade aos munícipes que não conseguem comparecer durante a semana.

O objetivo da campanha é garantir imunização coletiva contra a poliomielite em crianças de 1 a menores de 5 anos e atualizar a carteirinha de vacinação de crianças e adolescentes entre 0 e 14 anos de idade. Adultos de 30 a 49 anos também podem receber a dose contra o sarampo.

A campanha, em caráter nacional, segue até o dia 30 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 8h as 16h30. Neste sábado, todas as cidades do País também realizam o Dia D.

O chamado Dia D de mobilização nacional para a vacinação é uma estratégia adotada há anos pelas autoridades de saúde, com o objetivo de fazer com que o máximo de pessoas tenha acesso a todas vacinas do calendário nacional.

Em Mogi, na primeira semana de campanha, foram imunizadas 1.466 crianças contra a paralisia infantil, o que corresponde a 6,37% de cobertura até o momento. Entre os dias 5 e 9 de outubro, também compareceram às unidades de saúde 2.831 crianças e adolescentes de até 15 anos incompletos, nos quais foram aplicadas 4.020 doses de vacinas do calendário de rotina.

 

Atenção pais ou responsáveis

Os pais ou responsáveis devem levar as crianças a uma unidade de saúde munidos da carteira de vacinação para que um profissional avalie quais doses precisam ser aplicadas.

Além da gotinha contra a paralisia infantil, o calendário vacinal inclui outros 14 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças, que são:

BCG (tuberculose); rotavírus (diarreia); poliomelite oral e intramuscular (paralisia infantil); pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, Haemophilus influenza tipo b – Hib); pneumocócica; meningocócica; DTP; tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola); HPV (previne o câncer de colo de útero e verrugas genitais); além das vacinas contra febre amarela, varicela e hepatite A.  Além disso, neste ano, também passou a integrar o SUS uma nova vacina, já inserida na campanha: Meningo ACWY, que protege contra meningite e infecções generalizadas, causadas pela bactéria meningococo dos tipos A, C, W e Y.

 

Locais para a vacinação no “Dia D” em Mogi das Cruzes
Data: Sábado, dia 17 de outubro
Horário: das 8 às 16 horas. Veja, abaixo, os postos de saúde que abrirão na cidade.

Alto Ipiranga

Chácara Guanabara

Conjunto Cocuera

Conjunto Novo Horizonte

Jardim Aeroporto/Santos Dumont

Jardim Aeroporto III

Jardim Camila

Jardim Layr

Jardim Margarida

Jardim Nove de Julho

Jardim Universo

Jardim Piatã

Jardim Planalto

Jundiapeba

Ponte Grande

Quatinga

Taboão/Lambari

Toyama

Vila Suíssa

Perigo: número de pessoas não vacinadas tem crescido nos últimos anos

 

Pedro Peduzzi – Agência Brasil – Brasília – O Dia D da vacinação, neste sábado (17/10) faz parte do Programa Nacional de Imunizações (PNI), que oferece 18 vacinas para crianças e adolescentes. Entretanto, de acordo com o ministério, o número de pessoas não vacinadas tem crescido nos últimos anos. “Como consequência, doenças que já estavam eliminadas no Brasil voltaram a ser um problema para a saúde de todos, como o sarampo, por exemplo”, alertou o MS em nota enviada à Agência Brasil.

Segundo o MS, 7,7 milhões de crianças e adolescentes menores de 15 anos não foram vacinadas contra a febre amarela em 2019. No caso da Hepatite B, cerca de 24,8 milhões de pessoas dessa faixa etária não se vacinaram. Em relação à vacina contra meningite dirigida a adolescentes de 11 e 12 anos, o número de não vacinados ficou em 4,3 milhões.

Já no caso da vacina contra HPV, 73,6% das meninas com idade entre 9 e 15 anos tomaram a primeira dose. O percentual é menor quando é considerada a segunda etapa da vacina: apenas 46% das meninas foram imunizadas. Entre os meninos com faixa etária de 9 a 14 anos, que foram alvo de campanha, a vacinação chega a 36,2% para a primeira dose; e a 19,2% para segunda dose.

Poliomielite

O MS acrescenta que a vacinação contra a poliomielite, iniciada no último dia 5, seguirá até o dia 30 de outubro em mais de 40 mil postos de vacinação espalhados pelo país. A expectativa é de que cerca de 11 milhões de crianças com idade entre 1 e 5 anos tomem a vacina oral contra a poliomielite (VOP), desde que tenham recebido as três doses da vacina inativada poliomielite (VIP), do esquema básico de vacinação.

A meta anunciada pelo MS é a de vacinar pelo menos 95% das crianças. Crianças até 11 meses e 29 dias deverão ser vacinadas conforme indicações do Calendário Nacional de Vacinação, com a VIP.

 

*Com Coordenadoria de Comunicação de Mogi e Agência Brasil