PROFAC: plantões tiram dúvidas de inscrições de projetos dos editais/2019

 

DE MOGI DAS CRUZES – A Secretaria Municipal de Cultura vai realizar, nesta e na próxima quinta-feira (21 e 28 de março), plantões de atendimento a pessoas que desejam inscrever seus projetos nos editais do Programa Municipal de Fomento à Arte e Cultura de Mogi das Cruzes – PROFAC. O objetivo é solucionar dúvidas e auxiliar os proponentes.

Os plantões acontecerão na sede da Secretaria de Cultura, que agora atende na Rua Coronel Souza Franco, 795, no Centro (em frente ao Comando de Policiamento de Área Metropolitano 12 -CPAM 12), e serão das 17h às 20h (foto acima). Aos interessados, basta comparecer. A atividade será totalmente gratuita.

“Nosso objetivo é fornecer todo o apoio técnico possível, para que as pessoas entendam como se dá o processo de inscrição no PROFAC e o programa de fomento de uma forma geral. Assim, elas poderão inscrever seus projetos com mais segurança e maiores chances de aprovação”, destaca o secretário municipal de Cultura, Mateus Sartori.

Os novos editais do PROFAC foram abertos no dia 1º de março. Neste ciclo, serão selecionados 20 projetos culturais, de sete segmentos artísticos, somando R$ 260 mil em recursos do Fundo Municipal de Cultura. (veja detalhamento abaixo).

Como em períodos anteriores, as inscrições são feitas inteiramente pela Internet, por meio de plataforma online que já está disponibilizada no site da Secretaria de Cultura. Após a inscrição, a Secretaria de Cultura fica responsável pela análise documental, pela adequação do projeto a toda a legislação envolvida, pela sua viabilidade técnico-financeira, e também acompanha e fiscaliza os projetos durante o trâmite, até sua finalização.

Já a Comissão de Análise de Projetos (CAP), fica responsável por analisar a relevância, mérito e orçamentos dos projetos culturais a serem financiados. Há ainda a Comissão Permanente de Prestação de Contas, atrelada à Secretaria de Finanças, que se responsabiliza pela análise da prestação de contas.

 

Origem do PROFAC mogiano

O PROFAC nasceu a partir do Programa Diálogo Aberto, que teve, ao longo de diversas reuniões, fóruns, debates e círculos de diálogos, a demanda manifestada pelos participantes para a criação de uma ferramenta nesses moldes. Ele é um instrumento de fomento à realização de projetos culturais na cidade e permite a transferência de recursos públicos aos responsáveis pelos projetos aprovados.

No começo de 2016, a Secretaria de Cultura iniciou uma forte mobilização social, convocando artistas, produtores, agentes e territórios culturais para reuniões sobre o PROFAC. Foram nove reuniões de mobilização social, seis reuniões com Grupo de Trabalho responsável por criar o texto da Lei, 19 audiências públicas para aprovação das minutas e 11 fóruns para a deliberação do que deveria ser fomentado.

Desde que foi lançado, em junho de 2017, o PROFAC já beneficiou 17 projetos e 3 territórios culturais, com a transferência total de R$ 400 mil. A Secretaria de Cultura mogiana estima que os projetos culturais concretizados graças ao PROFAC já tenham beneficiado cerca de 40 mil pessoas.

Editais 2019 – PROFAC – Segmentos contemplados:

  • Artes Cênicas. Serão selecionados 3 projetos e cada um receberá R$ 20 mil, totalizando R$ 60 mil;
  • Dança. Serão selecionados 2 projetos e cada um receberá R$ 10 mil, totalizando R$ 20 mil;
  • Artes Visuais. Serão selecionados 2 projetos e cada um receberá R$ 5 mil, totalizando R$ 10 mil, para a realização de exposição individual;
  • Cinema, Vídeo e Multimeios. Serão selecionados 2 projetos e cada um receberá R$ 10 mil, totalizando R$ 20 mil;
  • Transversalidade Cultural. Serão selecionados 3 projetos e cada um receberá R$ 10 mil, totalizando R$ 30 mil;
  • Literatura e Publicações. Serão selecionados 4 projetos e cada um receberá R$ 5 mil, totalizando R$ 20 mil;
  • Mostras e Festivais. Serão selecionados 4 projetos e cada um receberá R$ 25 mil, totalizando R$ 100 mil.