Covid-19: segunda, 22, Alto Tietê-Condemat: 1.058 mortos, 12.122 casos e 8.108 curados; País: 51.217 mortos, 1.106.470 casos e 571.649 curados

Região das 12 cidades do Condemat teve 30 mortes sábado, domingo e segunda (20, 21 e 22/06), elevando de 1.028 para 1.058 vítimas fatais. No Alto Tietê geográfico, sem Guarulhos e Santa Branca, são 569

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE * – Com a atualização da planilha geral de casos de Coronavírus nas 12 cidades do Alto Tietê – região do Condemat (as dez do Alto Tietê geográfico, mais Guarulhos e Santa Branca), no sábado, domingo e nesta segunda-feira (20, 21 e 22/06) foram registrados mais 30 casos de morte pela Covid-19, doença causada pelo vírus. O total, que na sexta (19/06) era de 1.028, subiu agora para 1.o58.

Se contabilizarmos somente as dez cidades do Alto Tietê geográfico (exceto Guarulhos e Santa Branca, que juntas contabilizam 489 mortos), o número de vitimas fatais pela doença e de 569.

Vale destacar que o Condemat (Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê) representa dez cidades do Alto Tietê geográfico – Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano – mais Guarulhos e Santa Branca. No total, cerca de três milhões de pessoas vivem nesses 12 municípios.

As cidades de Guarulhos (487 registros), Mogi das Cruzes (141 e Itaquaquecetuba (119) lideram as estatísticas de óbitos na área do Alto Tietê-Condemat.

Casos da doença na região

Desde o primeiro caso confirmado de Covid-19, registrado oficialmente em março – e com a conclusão das estatísticas desta segunda-feira (22/06), a área do Condemat tem 12.122 pessoas infectadas pela doença. Outros 7.947 pacientes aguardam o resultado de exames laboratoriais e enquanto não for confirmada ou descartada a Covid, permanecem como suspeitos.

Desses 12.122 casos confirmados, 1.058 vieram a óbito.

De acordo com planilha do Condemat, até o momento, as 12 cidades da região tiveram 39.064 notificações do Coronavírus, das quais 15.466 foram descartados.

Cresce também, a cada dia, o número de pacientes que contraíram a Covid-19 e se recuperaram da doença. Nas 12 cidades do Alto Tietê, a região chega nesta segunda com 8.108 pessoas curadas.

 

Os mortos de sábado, domingo e segunda (20, 21 e 22/06), no Alto Tietê

Neste fim de semana (20 e 21/06),  mais os registros desta segunda-feira (22/06), foram oficializados 30 óbitos foram registrados pelas Vigilâncias Epidemiológicas das cidades nas cidades de Arujá, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Poá, Santa Isabel e Suzano.  – veja as cidades, casos, sexos e idades abaixo.

Entre os casos está a vítima fatal mais nova na área do Condemat: uma bebê de apenas três meses, de Guarulhos.

 

Arujá: Homem – 66 anos, Mulher – 73 anos.

Guarulhos: Homem – 40 anos, Homem  – 94 anos, Homem – 46 anos, Homem – 70 nos, Homem – 84 anos, Mulher – 58 anos, Mulher – 60 anos, Homem – 75 anos, Mulher – 66 anos, Mulher – 49 anos, Homem – 69 anos, Mulher – 92 anos, Mulher – 81 anos, Homem – 79 anos, Mulher – 52 anos, Mulher – 03 meses.

Mogi das Cruzes: Homem – 75 anos, Mulher – 75 anos, Mulher – 60 anos, Homem – 60 anos, Homem – 72 anos, Mulher – 45 anos, Homem – 76 anos, Homem – 62 anos, Homem – 73 anos.

Poá: Mulher – 88 anos.

Santa Isabel: Mulher – 97 anos.

Suzano: Mulher  – 45 anos.

 

_____

Ranking de mortos no Alto Tiete-Condemat até esta segunda-feira, 22 de junho

Guarulhos – 487 mortos
Mogi das Cruzes – 141
Itaquaquecetuba – 119
Suzano – 89
Ferraz de Vasconcelos – 71
Poá – 50
Santa Isabel – 37
Arujá – 36
Guararema – 15
Biritiba Mirim – 7

Salesópolis – 4
Santa Branca – 2 
Total – 1.058 mortos

 

  Ranking de infectados no Alto Tiete-Condemat até esta segunda-feira, 22 de junho

Guarulhos – 6.049 infectados
Mogi das Cruzes – 1.744
Suzano – 1.312
Itaquaquecetuba – 881
Ferraz de Vasconcelos – 670
Poá – 459
Arujá – 433
Santa Isabel – 311
Guararema – 120

Biritiba Mirim – 68
Santa Branca – 45
Salesópolis – 30

Total – 12.122 casos confirmados 

 

  Ranking de curados no Alto Tiete-Condemat até esta segunda-feira, 22 de junho

Guarulhos – 4.468 recuperados
Mogi das Cruzes – 1.188
Suzano – 1.027
Itaquaquecetuba – 352
Arujá – 333
Ferraz de Vasconcelos – 232
Santa Isabel – 243
Poá – 117
Guararema – 47
Biritiba Mirim – 43
Salesópolis – 26
Santa Branca – 0
Total – 8.108 recuperados

 

 

Veja planilha completa do Coronavírus nas 12 cidades do Alto Tietê-Condemat 22.06.2020

______________

País chega a 51.217 mortos, 1.106.470 casos e 571.649 curados nesta segunda-feira, dia 22

 

Os números do Ministério da Saúde desta segunda-feira (22/06) mostram que o Brasil registrou, oficialmente, 654 novas mortes por Covid-19 registradas nas últimas 24h, contabilizando, no total, 51.217 vítimas fatais pela doença.

Em número de casos de pessoas infectadas pelo Coronavírus – que causa a Covid-19 – foram 21.432 novos casos registrados, totalizando 1.106.470.

O acréscimo de pessoas infectadas marcou uma variação de 1,9% sobre o número de ontem, quando os dados do ministério registravam 1,085 milhão de pessoas infectadas.

Do total, 483.550 pacientes estão em observação, 571.649 foram recuperados e 3.912 mortes estão em investigação.

Estados

Os estados com maior número de óbitos são São Paulo (12.634), Rio de Janeiro (8.933), Ceará (5.604), Pará (4.605) e Pernambuco (4.252). Também apresentam altos índices de vítimas da pandemia os estados do Amazonas (2.671), Maranhão (1.760), Bahia (1.441), Espírito Santo (1.362), Alagoas (903) e Paraíba (784).

Os estados com mais casos confirmados da doença são São Paulo (221.973), Rio de Janeiro (97.572), Ceará (94.158), Pará (86.020) e Maranhão (70.689).

 

Boletim epidemiológico covid-19
Boletim epidemiológico covid-19 – Ministério da Saúde

 

Municípios brasileiros

Atualmente, 4.590 municípios brasileiros (82,4%) já têm circulação do Coronavírus, no entanto 80% deles registram de 1 a no máximo 100 casos.

O mesmo acontece em relação aos óbitos. Hoje, 2.165 municípios (38,9%) registram mortes por Covid-19, mas cerca de 1.600 têm de 1 a 10 confirmações.

____________

Não se esqueça: primeiro caso da doença no Brasil, já em pleno “fervo do Carnaval”

 

Vale destacar que o primeiro caso de paciente infectado pela Covid-19 no Brasil foi registrado em 26 de fevereiro de 2020,em pleno Carnaval, onde milhões de turistas, nacionais e internacionais, vieram para São Paulo, foram ao Rio de Janeiro e para várias regiões do Nordeste. Na ocasião, nenhuma autoridade estadual contestou o fato das enormes aglomerações pela folia.

Essa afirmação tem base, agora, em um novo estudo que comprova que o vírus já circulava pelo País em fevereiro.

Já a primeira morte oficial pela doença foi registrada em 17 de março de 2020.

Grupos de risco

Pessoas acima de 60 anos se enquadram no grupo de risco, mesmo que não tenham nenhum problema de saúde associado. Além disso, pessoas de qualquer idade que tenham doenças pré-existentes, como cardiopatia, diabetes, pneumopatia, doença neurológica ou renal, imunodepressão, obesidade, asma, entre outras, também precisam redobrar os cuidados nas medidas de prevenção ao Coronavírus.

Clique e veja painel geral do País, incluindo dados de todos os municípios, no novo site  no http://susanalitico.saude.gov.br/#/dashboard/

 

*Com Condemat, Agência Brasil e Ministério da Saúde

 

Foto: Arquivo

_____