Covas dá outra vez com os burros n’água e volta ao rodízio original em SP

Prefeito do PSDB usa Capital como local de testes e se dá mal

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Mais parecendo fazer o paulistano como cobaia, o prefeito da Capital paulista, Bruno Covas, se deu mal outra vez e decidiu suspender as restrições mais amplas de circulação de veículos a partir desta segunda-feira (18/05). O anúncio foi feito pelo prefeito Bruno Covas na manhã deste domingo (17/05), durante coletiva de imprensa. Medida será publicada em edição extraordinária do Diário Oficial da Cidade. 

O rodízio aplicado na semana passada, ao invés de diminuir as aglomerações, as ampliou, pois muita gente foi impedida de sair de casa de carro e lotou os ônibus e composições da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e do Metrô de SP.

Em vigor desde o último dia 11, o sistema de rodízio mais rigoroso passou a ser aplicado em toda a cidade e pelo período de 24 horas, não deu certo o que fez Covas dar com os burros n’água novamente. Segundo ele, as multas aplicadas durante os sete dias em que o rodízio restritivo permaneceu em vigor serão mantidas. “Quem foi multado, foi multado.

Com a mudança, o rodízio volta a ser como era antes da pandemia. Ou seja, a restrição é definida de acordo com o número final da placa do veículo e o dia da semana.

 

Sempre com um discurso para disfarçar

Para tentar disfarçar a nova investida que não deu certo, o prefeito Bruno Covas disse que a retomada do rodízio tradicional não deve servir de pretexto para que a população se sinta livre para transitar pela cidade, como se não estivesse no contexto da pandemia, que exige cuidados preventivos. Mais uma vez, Covas manifestou preocupação com o índice de isolamento social na capital, que nesta sexta-feira (15/05) foi de 48%.

Vale lembrar que as regras do rodízio não incidem sobre os profissionais que prestam serviços considerados essenciais, como os funerário, de segurança, imprensa e de saúde. Para que possam circular pela cidade os trabalhadores devem preencher um cadastro no portal de atendimento da prefeitura.

As regras do rodízio voltam como antes da pandemia, como o rodízio normal, no chamado Centro Expandido, válido apenas nos horários de pico (das 7h às 10h e das 17h às 20h), com a seguinte restrição:

 

Veja como será o rodízio a partir desta segunda-feira, 18 de maio:

Dia da semana – Final da placa

Segunda-feira – 1 e 2 não podem circular
Terça-feira – 3 e 4                     ”                    
Quarta-feira – 5 e 6                  “
Quinta-feira – 7 e 8                  “
Sexta-feira – 9 e 0                    “