Confusão no Mercadão de Mogi chega à Record TV e viraliza

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – A confusão ocorrida no Mercado Municipal de Mogi das Cruzes – o Mercadão – nesta terça-feira (18/12) – em que um morador de rua estava – que é guardador de carros naquele local – comendo um pastel e foi agarrado e arrastado pra fora por um segurança do local, já havia ficado famoso. Agora, a partir desta sexta-feira (21/12), quando foi exibido pela Record TV – no jornalístico Balanço Geral SP – viraliza nas redes sociais.

Em seu perfil no Facebook, Camila Alves, moradora da cidade, desabafou: “Muito triste. Enquanto estávamos esperando os pastéis que pedimos, notamos um segurança tentando expulsar um rapaz que olha carros naquele local, pois ele estava sujo. O rapaz apenas disse que era um cidadão e que tinha todo o direito de estar ali e o segurança tentando expulsá-lo. Pois bem, nessa hora resolvemos pagar um pastel para o rapaz e o chamamos para dentro da pastelaria, pois a dona disse que não havia problemas.
O rapaz sentou comigo, meu marido e minha filha, e o segurança começou a provocar e ofender o rapaz, e falamos para ele não retrucar e foi o que ele fez. Como o segurança não conseguiu um motivo para expulsar, agarrou-o pela camisa e tentou colocar para fora a força”.

Pelo que o CORREIO INDEPENDENTE apurou, a confusão começou 20 minutos antes, mas a filmagem foi feita no meio de tudo. “Mesmo assim não justifica o segurança ter pego ele pela camisa e ter colocado lá fora, mas essa história não é assim como está sendo mostrada na internet. Teve toda uma provocação teve um pedido de uma comerciante pra que eu tomasse uma atitude porque o rapaz estava incomodando os frequentadores”, justifica Celma de Deus, que é presidente da Associação dos Comerciantes do Mercadão.

“Só quero deixar registrado eu apareço no filme e nenhum momento eu sinto violência ou eu peço para o segurança agredi-lo para tirá-lo na porrada. Jamais eu fiz isso jamais eu faria isso isso não é do meu feitio”, disse Celma.

Segundo ela, o Mercado Municipal mogiano é frequentado pela população do Alto Tietê. “Todas as pessoas são muito bem recebidas por nós no mercado nós temos muito problemas com moradores de rua eles entram no mercado, eles tomam banho no nosso banheiro, e em nenhum momento o pessoal da segurança o pessoal da limpeza ataca agride o ofendem esses moradores”. Celma acrescenta: “Quero deixar registrado também que não tenho nenhum preconceito em relação a raça cor classe social. Para mim, todas as pessoas são iguais e registro novamente que em nenhum momento eu mandei que houvesse alguma agressão”.