Condemat reforça a secretário pedido de alça do Rodoanel na SP-66

DE SUZANO – Durante visita do secretário estadual João Octaviano Machado Neto, de Logística e Transportes, à Região nesta sexta-feira (08/02), os prefeitos do Condemat – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê reforçaram o pedido para implantação da alça de saída do Trecho Leste do Rodoanel na Rodovia SP-66 (antiga São Paulo-Rio).  Eles também solicitaram outros investimentos para melhorar a conexão viária regional, entre eles, a pavimentação das Estradas da Volta Fria, em Mogi e do Furuyama e a execução das obras de duplicação da Rodovia Mogi-Dutra, no trecho de Arujá.

O principal pleito apresentado pelos prefeitos do Condemat ao secretário estadual foi o da alça de acesso do Rodoanel na SP-66. O presidente do consórcio, prefeito Rodrigo Ashiuchi, entregou inclusive um ofício ao secretário, no qual são apresentadas as justificativas dos prefeitos para que o dispositivo seja implantado neste local.

“Essa alça do Rodoanel precisa ser implantada  e nós, do Condemat, defendemos que a SP-66 é o melhor local para que ela deixe de ser uma lenda e se transforme numa realidade a curto prazo.  O custo é bem menor, a execução é mais rápida e nesta localização ela beneficiará não só Suzano, mas também as cidades de Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes e Poá”, enfatizou o presidente do Condemat.

“Há, inclusive, estudos já feitos pela Dersa que comprovam que a SP-66 é a melhor localização para a alça do Rodoanel. Esse é o projeto original e que vai permitir o desenvolvimento regional”, acrescentou o prefeito de Poá, Gian Lopes, ao lado do prefeito de Ferraz de Vasconcelos, José Carlos Fernandes Chacon.

Os prefeitos acompanharam o secretário estadual durante a visita que ele fez na Estrada dos Fernandes, em Suzano, um dos locais estudados para a alça de saída do Rodoanel. Depois, também estiveram na SP-66, na divisa de Poá e Suzano, onde fica a entrada para o anel viário.

“Em até 60 dias vamos apresentar uma solução do que pode ser feito e onde para garantir o desenvolvimento dessa região, que é muito importante para o Estado. Faremos os estudos e vamos chamar os prefeitos para conversar”, garantiu o secretário de Transportes.

Em Mogi das Cruzes, primeira cidade visitada pelo representante estadual, o presidente do Condemat reforçou o pedido do prefeito mogiano, Marcus Melo, para pavimentação da Estrada da Volta Fria, vicinal que faz a ligação com Jundiapeba e tem conexão direta com a SP-66 e com a nova avenida entre Mogi das Cruzes e Suzano. Ashiuchi também solicitou que os estudos do Estado também contemplem a pavimentação da Estrada do Furuyama, vicinal que interliga com a Volta Fria e corta Suzano, chegando até Itaquaquecetuba.

“Essa é uma alternativa viária importante para aliviar a Rodovia SP-66 e facilitar o deslocamento entre as cidades”, argumentou o presidente do Condemat.

O secretário estadual se comprometeu a dar uma resposta sobre o pedido ainda dentro desse mês de fevereiro, assim como vai verificar a situação das obras de duplicação da Rodovia Mogi-Dutra, no trecho de Arujá.

A visita do secretário de Transportes à Região foi articulada pelo deputado federal Marco Bertaiolli e contou também com as participações do deputado estadual Estevam Galvão, do deputado estadual eleito Rodrigo Gambale, vereadores, secretários municipais, além dos superintendentes da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário) e DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

Fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano