Coleta de lixo úmido e serviços de manutenção operam normalmente

Serviço essencial, coleta de lixo segue normal na cidade

 

DE MOGI DAS CRUZES – A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Mogi das Cruzes esclarece que a coleta de lixo úmido na cidade continua sendo realizada normalmente. O serviço, que é essencial para a população, em especial agora neste momento de isolamento, está sendo feito em todo o município, nos mesmos dias e horários da programação, que está sempre disponível para consulta no site da Prefeitura.

O secretário municipal de Serviços Urbanos, Dirceu Meira, explica que, com a quarentena, o volume de lixo produzido teve um natural aumento. Por isso, as equipes continuam atuando diariamente, em todos os bairros de Mogi. “Os serviços de coleta de lixo doméstico permanecem. O que interrompemos foi a coleta seletiva, para resguardar a saúde dos profissionais que faziam a separação do material, porém a coleta normal segue acontecendo e estamos encaminhando todo o material coletado para o transbordo e depois para o aterro sanitário legalizado”, pontua.

Veja a programação

Vale destacar que todos os coletores estão devidamente uniformizados, com roupas que já são equipamentos de proteção individual e também estão utilizando máscaras, para conter a disseminação do novo coronavírus. Nesta terça-feira (24/03) o estoque de EPI para os funcionários da CS Brasil, que prestam os serviços de limpeza da cidade, foi reforçado, com a chegada de mil novas máscaras.

 

Esterilização

Além da coleta de lixo, que segue normal, as equipes da Secretaria de Serviços Urbanos também estão dando continuidade hoje aos trabalhos de esterilização de pontos com grande circulação de pessoas. Estão na programação de hoje mais de 30 locais, em pontos diversos da cidade. A pulverização está sendo feita com uma solução de água sanitária misturada à água normal, na proporção indicada por profissionais da Secretaria Municipal de Saúde.

Os locais que recebem nesta terça-feira (24/03) a esterilização são: Terminal Estudantes (ônibus e trem), a Rodoviária Geraldo Scavone, estação de Jundiapeba, o Ginásio Municipal de Esportes Professor Hugo Ramos e as fachadas de unidades de saúde como o Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, o Hospital Municipal de Mogi das Cruzes, a Santa Casa de Misericórdia e também hospitais e clínicas particulares.

Diversas ruas e avenidas serão igualmente contempladas, como as ruas Gutterman, Dr. Deodato Wertheimer, Francisco Affonso de Melo, Coronel Souza Franco, Barão de Jaceguai, Lourenço de Souza Franco, Altino Arantes, Alameda Santo Ângelo, rua Ipiranga, Avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco, avenida Vereador Narciso Yague Guimarães, um trecho da Avenida Japão (entre as ruas Ipiranga e Leopoldino de Faria) e as ruas Rua Osmar Marinho Couto e São João.

Praças e passeios públicos também são alvo da ação, tais como o Largo do Socorro, Largo Prefeito Francisco Ribeiro Nogueira, Largo do Carmo, Praça Oswaldo Cruz e também os Calçadões das ruas Dr. Paulo Frontin e Dr. Deodato Wertheimer.

Demais serviços

Os demais serviços desempenhados pelas equipes da SMSU, que cuidam da zeladoria da cidade como um todo, também seguem operando, apenas com uma redução no número de funcionários, em função do afastamento daqueles que pertencem aos grupos de risco, como os idosos. A única programação que foi temporariamente suspensa foi a das equipes de drenagem, que agora estão atendendo apenas emergencialmente pontos que requerem atenção imediata. Nos demais departamentos, os trabalhos têm continuidade.

Os roçadores, por exemplo, atendem nesta terça-feira (24/03) locais como a Estrada do Taboão, o início da Estrada Mogi-Dutra, a Estrada Ritsuji Kayasima, um trecho da Avenida Álvaro de Campos Carneiro (trecho da Via Perimetral), a Praça da rua Major Arouche de Toledo (conhecida como Praça dos Escoteiros) e o Córrego dos Corvos, em Cezar de Souza. A Operação Tapa-Buraco também segue operando normalmente.