Clube de Campo comemora sucesso de público no Baile Abre Alas e Carnaval

Carnaval no Clube mogiano teve grande público

 

DE MOGI DAS CRUZES – O Carnaval do Clube de Campo de Mogi das Cruzes (CCMC) foi marcado, mais um ano, pela grande presença de público no Baile Abre Alas (foto acima), nas matinês e na micareta. Somente no Abre Alas, na noite de sexta-feira (21/02), aproximadamente 600 pessoas marcaram presença, a maioria com muita criatividade nas fantasias. Neste ano, “Carnavais do Brasil” foi o tema escolhido.

No baile mais tradicional de Mogi das Cruzes, os foliões mostraram muita animação e curtiram a festa embalados pelas tradicionais marchinhas de carnaval com a Orquestra Oscar Guzella, o som eclético da Banda Saint Paul, a apresentação do DJ Rodrigo Dantas e a Escola de Samba Estação Primeira de Brás Cubas, com sua bateria Nota 10.

O presidente do CCMC, Pedro Paulo Gonçalves, destacou o grande número de pessoas que mais uma vez prestigiou o Abre Alas: “Foi muito bacana porque conseguimos manter a tradição do clube. Também fiquei feliz em ver o trabalho que cada um teve com as fantasias. Todo ano o pessoal vai se superando com fantasias mais criativas e luxuosas. Destaco ainda a grande adesão dos sócios que vieram prestigiar o nosso Carnaval”, avaliou o presidente, que caprichou na fantasia de mágico.

Tatiana Moya, diretora Cultural do CCMC, ficou muito satisfeita com o Abre Alas. “Gostei muito. Todos estão de parabéns. Vi pessoas caprichando nas fantasias e esta festa não é só hoje. Eles se encontram, se organizam e se divertem antes para preparar e pensar no que vão fazer, no que vão produzir. É muito legal e parabenizo a todos que participaram”, disse Tatiana, que buscou a inspiração na cantora Amy Winehouse para criar a fantasia e também entrar na brincadeira.

O grupo de foliões liderado por Sérgio Cintra foi fantasiado como os personagens da “Escolinha do Professor Raimundo”. E não faltou nenhum aluno. Compareceram o professor Raimundo Nonato, Dona Bela, Zé Bonitinho, Nerson da Capitinga, ‘seu Boneco’, Catifunda, Cacilda, Joselino Barbacena, ‘seu’ Peru, e Rolando Lero. “Cada ano a gente pensa em algum tema para montar. E pensamos no sofrimento dos nossos professores. Então surgiu, primeiro, a homenagem aos ícones da televisão e, segundo, aos nossos professores, que estão sendo ridicularizados, humilhados por um salário bem pequeno”, explicou Cintra, que conquistou com o mesmo grupo o tricampeonato na disputa da categoria Bloco Mais Original.

Na categoria Fantasia de Luxo, a vencedora foi Juliana Rocha, que usou uma roupa que vira uma borboleta com as asas sendo extensão dos braços. Para incluir o marido, Esteban Gonzalez, na brincadeira, ele se fantasiou de caçador de borboletas. “Pesquisei muito e me veio a ideia de fazer uma borboleta. E deu certo, inclusive com a entrada do meu marido como caçador e pesquisador”, disse Juliana.

Aliás, borboletas estavam em alta na noite do Abre Alas do CCMC. O bloco denominado “Borboletando” e composto por quatro casais foi o vencedor na categoria Bloco Mais Luxuoso. As mulheres usavam vestidos azuis e tinham enfeites de borboletas na cabeça, além da maquiagem alusiva ao tema, e os homens eram os caçadores de borboletas com suas redes e uniformes da profissão.

Também foram premiados a Fantasia Original Feminina, com Olga Santos, vestida e maquiada como uma onça; e Fantasia Original Masculina, com Ricardo Gaspar, que encarnou Freddie Mercury, vocalista da banda Queen.

O Bloco Mais Animado foi composto por casais com mensagens nas camisetas. As mulheres tinham na camiseta preta a mensagem “Eu sou a que aconselha” e a frase nas camisetas brancas dos homens era “Eu sou o que faz m…”. Os foliões mais animados foram Edna Figueiredo, com um vestido de festa, e José Rodrigues Dias, que estava fantasiado de Chacrinha.

 

Matinês e micareta

Na primeira matinê do CCMC, mais de 700 pessoas passaram pelo Salão Social Wilson Cury, na tarde de domingo (23/02), mesma expectativa de público para a terça-feira (25/02). A criançada, acompanhada dos pais e até avós, se divertiu muito com o repertório musical do DJ Rodrigo Dantas.

Além disso, a animação foi garantida com a presença de palhaços e alguns personagens como o Homem de Ferro, Princesa Leia e Darth Vader, da trilogia Guerra nas Estrelas, Homem Aranha, Emojis, urso “invocado” e até de um robô no estilo Transformers, com mais de dois metros de altura e que mudava de cor, para delírio da garotada e até de adultos. “Foi sensacional. Estou muito contente em ver o salão cheio desta forma”, disse o presidente do CCMC, Pedro Paulo Gonçalves.

O Carnaval do CCMC ainda teve, nestaa terça-feira (25;/02), a segunda matinê e depois a Micareta CCMC Folia, voltada exclusivamente para os sócios, com a expectativa da participação de aproximadamente mil foliões.

 

Clique e veja fotos da folia de 2020 no Clube de Campo

 

Foto: Moraes Paiatto / Divulgação