CEV que investigará caso de fraude na Prefeitura começa os trabalhos

 

DE MOGI DAS CRUZES – Após a sessão ordinária desta terça-feira (29/10) foi realizada a reunião de instalação da Comissão Especial de Vereadores – CEV, que tem o objetivo de acompanhar, junto ao Poder Executivo, a apuração das denúncias do desvio de verba da folha de pagamento de servidores municipais. (leia mais no fim do texto)

A Comissão será presidida pelo vereador Mauro Araújo (MDB), tendo como relator Caio Cunha (PV) e o pastor Carlos Evaristo (PSD) como membro. “Nesse primeiro momento iremos solicitar as todas as informações necessárias à Prefeitura, como a cópia da documentação do processo. Em cima disso a gente começa a averiguar. Esse é o primeiro passo”, explicou Araújo.

De acordo com uma denúncia feita pela Prefeitura Municipal ao Ministério Público, o chefe de divisão que fazia a folha de pagamento, José Luiz Jurioli Filho, fraldava o sistema e transferia dinheiro público para sua conta pessoal. A ação acontecia desde 2017 e gerou um prejuízo de mais de R$ 1 milhão de reais à Administração Municipal. Com a denúncia, o servidor foi detido pela Polícia no último dia 18 de outubro.

Após reunir toda a documentação do processo enviada ao Ministério Público, a CEV também poderá solicitar informações à empresa dona do sistema da folha de pagamento e ao chefe imediato do servidor acusado de fraudar o sistema.

________________

RELEMBRE REPORTAGEM DA PRISÃO DO FUNCIONÁRIO PÚBLICO QUE DESVIOU DINHEIRO NA PREFEITURA DE MOGI DAS CRUZES